VII Seminário do OIAPSS e Colóquio da COLUFRAS será realizado durante o XXIX Congresso do CONASEMS

Será realizado em Brasília, entre os dias 07 e 08 de julho, o VII Seminário do Observatório Ibero-Americano de Políticas e Sistemas de Saúde (OIAPSS) e Colóquio da Conferência Luso-Francófona da Saúde (COLUFRAS). O evento acontecerá durante o XXIX Congresso do Conselho Nacional de Secretarias Municipais de Saúde (CONASEMS) no Centro de Convenções Ulysses Guimarães e será destinado à congressistas, convidados, membros do OIAPSS e COLUFRAS e demais interessados.

O encontro tem como objetivo promover uma análise comparativa dos modelos e diretrizes que norteiam os arranjos de governança, financiamento, prestação de serviços em saúde, assistência e participação cidadã. Além disso, irá apresentar os avanços e desafios, prós e contras dos processos de planejamento, monitoramento e avaliação dos resultados provenientes da regionalização da saúde.

Entre os convidados está o presidente do Instituto Nacional de Saúde Pública do Quebec (INSPQ) Luc Boileau, que, além de apresentar um panorama da situação atual do sistema de saúde do Quebec, falará também sobre o papel das agências regionais, das expectativas da população e dos profissionais e da participação efetiva do cidadão.

Sob a coordenação de Luiz Odorico Monteiro de Andrade, da Secretaria de Gestão Estratégica e Participativa do Ministério da Saúde (SGEP/MS), participarão dos debates Alcindo Maciel Barbosa, que exibirá o processo e o resultado em saúde dos Centros de Saúde das Unidades de Saúde Familiar em Portugal; Ernesto Báscolo, coordenador do Núcleo Argentina do OIAPSS e Diretor do Mestrado em Gestão de Sistemas e Serviços de Saúde na Universidade Nacional de Rosário (UNR), que irá expor os avanços e os resultados em saúde e apontará os desafios para a construção de uma governança regional na Argentina e a pesquisadora do Departamento de Administração e Planejamento em Saúde da Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca (DAPS/ENPS) Luciana Dias Lima, que apresentará as Perspectivas da regionalização no Sistema Único de Saúde.

A segunda mesa do dia será coordenada pelo presidente do CONASEMS, Antonio Carlos Figueiredo Nardi e abordará o tema “Presente e futuro dos Sistemas Públicos de Saúde”. Os convidados deverão analisar os efeitos da recente crise econômica nos sistemas públicos de saúde, além de identificar cenários e estratégias visando o fortalecimento dos sistemas e expor as condições necessárias para a implantação da Atenção Primária à Saúde (APS) nos sistemas públicos.

Rémy Trudel, ministro da Saúde do Quebéc (2000– 2001), apresentará a evolução, as mudanças, a situação atual e as tendências do sistema de saúde do Québec com ênfase na APS. Henrique Botelho irá expor sua experiência a cerca das Unidades de Saúde Familiar em Portugal. Representantes da Colômbia e do Brasil também irão compor a mesa debatedora.

Ao fim do dia serão apresentadas as atividades do OIAPSS e da COLUFRAS. Está prevista ainda a assinatura de protocolo entre a Organização Pan-Americana da Saúde (OPAS), Ministério da Saúde do Brasil, Conselho Nacional dos Secretários de Saúde (CONASS) e COLUFRAS visando a organização da “Semana Luso-Francófona da Saúde” em Montreal no mês de Outubro de 2013.

No segundo dia do encontro será realizada uma Conferência abordando a “APS no sistema de saúde do Québec”. Luc Castonguay, vice ministro adjunto do ministério da saúde e dos Serviços Sociais do Quebéc tratará de questões como planejamento, qualidade e desempenho em nível regional.

Em seguida, especialistas discutirão a “Comunicação para a decisão política em saúde”. A diretora do escritório do Governo do Quebéc em São Paulo, Élise Racicot, abrirá os debates falando sobre a “universalidade e a integralidade do sistema: os perigos a evitar”. Logo após Florent Michelot, secretário geral da COLUFRAS, apresentará “as plataformas conviviais para a comunicação organizacional e a participação cidadã na área da saúde”. Ana Valéria Mendonça, professora da Universidade de Brasília (UnB), dará continuidade aos debates abordando o tema: “Comunicação em saúde: como difundir conhecimento na linguagem apropriada”.

Eleonor Conill, coordenadora do Projeto Matriz do OIAPSS divulgará os primeiros resultados da Matriz Analítica para monitoramento e comparabilidades dos sistemas de saúde ibero-americanos. Jorge Otávio Maia Barreto, professor do Programa de Pós-graduação em Políticas Públicas da Universidade Federal do Piauí (UFPI) falará sobre a importância da “disseminação de evidências científicas para informar o processo de tomada de decisão em saúde” abordando o caso da Rede de Políticas Informadas por Evidência (EVIPNet Brasil). A mesa terá a coordenação do presidente do CONASS, Wilson Duarte Alecrim.

Durante o seminário, o OIAPSS assinará dois protocolos de cooperação. O primeiro deles com o Instituto de Ensino e Pesquisa do Hospital Sírio Libanês de São Paulo, representado por seu diretor, Dr. Roberto Padilha, para oferecer o Curso de Saúde Baseada em Evidências. E o segundo, também com o Instituto de Ensino e Pesquisa do Hospital Sírio Libanês de São Paulo, e com o Ministério da Saúde/ Rede EVIPNet Brasil, para oferecer o Curso de Políticas Informadas por Evidências. Ambos os cursos são destinados para os países membros do OIAPSS.

Confira aqui a programação completa do evento.

Fonte: Observatório Ibero-Americano de Políticas e Sistemas de Saúde

<-Voltar