Editorial

A temática central desta edição da Revista Consensus é a Governança em Rede, um modelo de gestão colaborativa que pode ser adotado pelo Sistema Único de Saúde (SUS), segundo pesquisa recente sobre o tema realizada pelo CONASS, com o apoio da Fundação Dom Cabral (FDC) e da Organização Panamericana de Saúde (Opas).

O sistema de saúde brasileiro é considerado uma prática exitosa de governança de políticas públicas, mesmo atuando em uma realidade plural e marcada por desigualdades regionais importantes. Essa nova prática na gestão denominada governança é considerada mais ampla que aquela denominada governo ou governabilidade, porque sua constituição vai além das instituições públicas, abrangendo mecanismos informais não governamentais e contemplando a participação de atores como a sociedade e organizações diversas, fazendo que os interesses sejam organizados e direcionados a partir de objetivos comuns, negociados entre as partes envolvidas, buscando assegurar o direito ao acesso universal à saúde.

A pesquisa publicada no livro CONASS Debate – Governança Regional das Redes de Atenção à Saúde fortalece o conceito de Governança ao constatar a teia de relações entre governo, empresas e atores da sociedade civil. Nesse modelo, destacam-se a natureza colaborativa dos esforços para o atendimento das necessidades humanas, o uso difundido de ferramentas de ação que engajam redes complexas de atores e a necessidade de um estilo diferente de gestão pública, em que se enfatiza a colaboração em vez da hierarquia e do controle.

Amplamente debatida durante evento realizado pelo CONASS no dia 23 de novembro, em Brasília, a matéria de capa desta edição da Consensus traz a cobertura do seminário CONASS Debate – Governança Regional das Redes de Atenção à Saúde, em que gestores, técnicos e estudiosos discutiram a Governança em Rede no debate que também contemplou a Governança Regional das Redes de Atenção à Saúde e a apresentação da experiência de governança regional da Rede Mãe Paranaense.

A entrevistada desta edição é a professora Maria Luisa Vázquez Navarrete, do Consórcio de Saúde e Social da Catalunha (CSC), que fala a respeito da integração dos serviços de saúde na comunidade autônoma da Catalunha na Espanha e das principais mudanças a serem adotadas pelos países que optam por um modelo integrado de gestão de saúde.

A seção Saúde em Foco traz as informações a respeito do compartilhamento, pela Secretaria de Estado da Saúde de São Paulo, do software criado para organizar as demandas judiciais em saúde – o S-Codes. O compartilhamento por cessão de uso é gratuito e sem contraprestação para os demais Entes. 

Na seção Institucional, a visita da equipe do Ministério da Saúde do Uruguai ao Centro Estadual de Atenção Especializada localizado no município mineiro de Santo Antonio do Monte, para conhecer de perto a proposta do CONASS para a Planificação da Atenção à Saúde por meio da integração da Atenção Primária à Saúde com a Atenção Especializada.

Boa Leitura!

Voltar ao Topo