Editorial

A primeira edição da Revista Consensus de 2018 chama a atenção para um tema fundamental para a eficiência da gestão do Sistema Único de Saúde (SUS): a Segurança do Paciente.  

A qualidade da assistência prestada ao paciente tem sido, desde 2004, quando a Organização Mundial de Saúde (OMS) chamou a atenção do mundo para o tema, objeto de estudo por diversos profissionais na tentativa de diminuir a incidência de erros que causem dano ao paciente. Importante não apenas por isso, a segurança do paciente ainda é capaz de tornar o sistema mais efetivo, uma vez que otimiza recursos que são poupados quando o erro não acontece.

A matéria de capa desta edição aborda a questão sob o ponto de vista de diversos especialistas, nacionais e internacionais, e apresenta a experiência de Portugal com a área.

A entrevista principal traz a médica Ana Cláudia Quintana Arantes para falar sobre uma prática ainda pouco difundida no Brasil: os Cuidados Paliativos, cujo objetivos são aliviar o sofrimento de quem tem uma doença grave e também prevenir esse sofrimento ao longo de todo trajeto da doença, desde o diagnóstico até a morte do paciente.

Na seção Saúde em Foco, a cobertura da oficina do CONASS sobre a Portaria GM/MS n. 3.992/2017 que alterou a forma de financiamento e a transferência dos recursos do SUS, dando mais autonomia a gestores estaduais e municipais de saúde. Do encontro, realizado no início do ano em janeiro, participaram representantes do Ministério da Saúde, do Fundo Nacional de Saúde, além de técnicos das Secretarias Estaduais de Saúde (SES). 

A cobertura institucional apresenta a primeira reunião, em 2018, da Câmara Técnica de Gestão do Trabalho e da Educação na Saúde (CTGTES), que dá continuidade às atividades de fortalecimento das áreas de gestão do trabalho em todos os estados brasileiros. A reunião, em parceria com o Ministério da Saúde e a Organização Pan-Americana da Saúde (Opas), contou com a participação de técnicos de todas as SES, e a matéria detalha as ações programadas pelo grupo.

Por fim, ainda na temática da Segurança do Paciente, apresentamos o artigo “O uso seguro de medicamentos no Brasil”, elaborado por Mário Borges Rosa, mestre em epidemiologia e doutor em Ciências da Saúde pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), Raissa Carolina Fonseca Cândido, farmacêutica, mestranda do Programa de Pós-Graduação em Medicamentos e Assistência Farmacêutica da UFMG, e Renata Cristina Rezende Macedo do Nascimento, farmacêutica, mestre em Inovação Biofarmacêutica e doutoranda da UFMG.

Boa leitura! 

Voltar ao Topo