Instituto de Higiene e Medicina Tropical de Lisboa e CONASS realizam seminário sobre avaliação dos cuidados e sistemas de saúde

O Instituto de Higiene e Medicina Tropical de Lisboa (IHMT) e o Conselho Nacional de Secretários de Saúde (CONASS) realizaram, nos dias 6 e 7 de novembro de 2017, o Seminário Luso-Brasileiro sobre Organização e Avaliação dos Cuidados e Sistemas de Saúde, em Lisboa, Portugal, com o objetivo de promover a discussão sobre a temática, considerando a experiência portuguesa e a cooperação entre as duas instituições na formação em avaliação de políticas e programas de saúde.

O assessor técnico do CONASS, responsável pela área de Relações Internacionais do Conselho, professor Fernando Cupertino, explica que a missão à Portugal teve duas partes – a participação no seminário, no qual discutiu-se as formas de remuneração dos profissionais do serviço de saúde; a contratualização; e a problemática da organização dos cuidados continuados e dos cuidados paliativos e após o seminário, a equipe fez uma agenda de visitas no intuito de ver a prática das questões debatidas do ponto de vista teórico e conceitual durante o seminário. “Fomos recebidos na Agência Regional de Saúde de Lisboa e Vale do Tejo, que é uma área metropolitana e grande regional de saúde, onde tivemos uma conversa técnica que nos mostrou a sistemática da contratualização com os hospitais, os indicadores etc. Em seguida, visitamos uma Unidade de Saúde da Família, onde pudemos ver o funcionamento do prontuário eletrônico e da utilização das tecnologias de informação, tanto por parte dos profissionais quanto por parte dos usuários”, relata Cupertino. 

A equipe também visitou uma Unidade de Cuidados Continuados e Paliativos, onde foi apresentada a Rede Portuguesa de Cuidados Continuados e Integrados. A comitiva visitou ainda um Agrupamento dos Centros de Saúde, organismo que gere os diferentes tipos de saúde em APS e que, fora do âmbito hospitalar, reúne serviços profissionais de apoio.

O vice-presidente do CONASS na Região Norte, secretário de saúde do Pará, Vitor Manoel, reiterou a importância de conhecer os tipos de unidade que estão sendo implantadas em Portugal visando a constituição de uma Rede de Cuidados Continuados e Paliativos. A visita e a participação no seminário, além de estreitar os laços entre os dois países no que concerne à organização dos seus sistemas de saúde, serviu como subsídio para o desenvolvimento de ações previstas no planejamento do CONASS em temas como contratualização de serviços na Atenção Primária e Hospitalar; organização de serviços de cuidados paliativos; e definição de novas formas de remuneração dos profissionais e serviços de saúde.

Por meio da assessoria técnica, a secretaria executiva do CONASS irá aprofundar a análise das informações e documentos recebidos e, na sequência, serão elaborados conteúdos que servirão de base para a construção de propostas voltadas para os temas abordados no decorrer da visita à Portugal.   

Voltar ao Topo