Fazer gestão de saúde talvez seja o grande desafio do século XXI, diz Henrique Javi

“Fazer gestão de saúde talvez seja o grande desafio do século XXI, porque é justamente quando buscamos equalizar os recursos financeiros com as demandas da sociedade,” declarou o secretário da Saúde do Ceará, Henrique Javi, na abertura do II Fórum ISGH de Excelência na Gestão e Saúde. O evento teve início na manhã desta quinta-feira, 8. Mais de 600 pessoas, entre profissionais da Saúde e autoridades e representantes de instituições local e nacional participaram deste primeiro dia. O fórum ocorre no Marina Park Hotel, em Fortaleza, até esta sexta-feira, 9 de novembro.

Henrique Javi iniciou sua fala citando o Governador do Ceará, Camilo Santana. “O governador Camilo tem sempre em mente, a saúde como uma prioridade indubitável”, disse. “A maioria das pessoas não conseguem perceber que, em um século, o sistema sanitário trouxe avanços para humanidade como todo, colocando aqui nosso Ceará. É indiscutível”, afirmou o secretário.

O modelo de gestão em Saúde do Ceará é inovador. No Estado, têm os modelos de Organização Social, de Consórcio, de administração direta e de relação com instituições filantrópicas. Ou seja, a Saúde do Ceará é produtiva. “Existem três unidades acreditadas com um diferencial enorme frente a outros lugares. No Brasil inteiro são pouco mais de 200 unidades entre público e privado e três delas estão no Ceará, quando se fala de hospital”, destacou Henrique Javi.

De acordo com o secretário da Saúde, devido ao investimento em gestão do Estado, o Ceará possui a maior rede certificada, acreditada do país. “Além dos hospitais, também temos policlínicas no interior do estado, CEOs regionais, Lacen e Hemoce, com a mesma qualificação. Isso enche o Estado de orgulho, demonstra o esforço do Governo do Ceará para poder fazer com que essa relação da saúde pública possa ser entregue ao cidadão, não só como humanizada, mas também qualificada”, ressaltou Javi.

“O maior reconhecimento a gente sabe que vem da satisfação de fazer um trabalho bem feito. A satisfação de saber que a pessoa está sendo bem atendida. Acho que nada isso conseguimos substituir”, declarou Flávio Delafeu, presidente do Instituto de Saúde e Gestão Hospitalar (ISGH).

O secretário executivo do Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass), Jurandi Frutuoso, participou da abertura do fórum e do painel sobre Modelos de Inovação em Gestão da Saúde. Ele reforçou a importância de manter compromisso com a Saúde para garantir à população o acesso a serviços de qualidade. “Nós todos estamos aqui porque temos um compromisso muito forte, um compromisso de fazer Saúde de qualidade para o povo brasileiro. É sobre isso que temos que dissertar aqui nesta fala e é sobre isso que nós temos, ao final dela, sair deixando um compromisso forte e fazer isso acontecer. Cada qual com sua estratégia, cada um com sua crença”, falou.

Fonte: Secretaria de Estado da Saúde do Ceará

<-Voltar