CD 43 – Características do Ambiente de Implantação da Estratégia de Planificação da Atenção à Saúde

Em 2020, o Conselho Nacional de Secretários de Saúde (CONASS) firmou uma parceria com o Instituto de Medicina Integral Prof. Fernando Figueira – IMIP, por intermédio do Grupo de Estudos de Gestão e Avaliação em Saúde (GEAS), com a finalidade de realizar uma pesquisa para avaliar a efetividade da estratégia de Planificação da Atenção à Saúde (PAS) em cinco Regiões de Saúde no Brasil, nos estados de Rondônia, Maranhão, Goiás, Rio Grande do Sul e no Distrito Federal (Pesquisa EfetivaPAS).
A ocorrência da pandemia da covid-19 e o impacto causado nas diversas regiões brasileiras impuseram aos gestores da pesquisa a readequação do cronograma inicialmente previsto, condicionando a sua execução ao novo contexto sanitário. Por outro lado, favoreceram o desenvolvimento de iniciativas inovadoras para a realização do estudo, como a adequação de mecanismos de trabalho a distância e a elaboração de artigos científicos e capítulos de livro com vistas à documentação e à publicização das bases teórico-metodológicas desenvolvidas pela equipe de pesquisa.
O Conass Documenta nº 39 – Contribuições para a Avaliação da Efetividade da estratégia de Planificação da Atenção à Saúde apresentou aos profissionais, gestores, pesquisadores e docentes integrantes do Sistema Único de Saúde (SUS) uma revisão e atualização sobre: implementação de políticas públicas; avaliação de efetividade com foco na coordenação de cuidados entre níveis de atenção; características das regiões de saúde no Brasil; força de trabalho em saúde e a evolução da covid-19 nos estados selecionados para a pesquisa.
Esta edição nº 43 do Conass Documenta aborda as características do ambiente de implantação da estratégia PAS, contemplando informações essenciais sobre o processo de regionalização e sobre a conformação da Atenção Primária à Saúde nos estados selecionados para a pesquisa; sobre as possibilidades de resposta dessas regiões no combate à covid-19; e, ainda, apresenta uma atualização sobre as Internações por Condições Sensíveis à Atenção Primária em duas unidades federadas onde ocorre o estudo.