Conass

CD 29 – 2º Levantamento da Organização, Estrutura e Ações da Área de RH nas SES

O livro CONASS Documenta n. 29 – 2º Levantamento da Organização, Estrutura e Ações da Área de Recursos Humanos das Secretarias Estaduais de Saúde apresenta um diagnóstico da situação de contratação de pessoal e da organização, estrutura e ações das áreas de recursos humanos das Secretarias de Saúde dos estados e do Distrito Federal após

CD 30 – O Direito Sanitário como instrumento de fortalecimento do SUS […]

O CONASS reconhece a importância do Direito Sanitário, o que é evidente em suas manifestações públicas e produções técnico-científicas. Contudo, é dever chamar a atenção para a abrangência do conjunto normativo que refere o direito à saúde, não sendo admissível sua redução ao fenômeno da judicialização. Com esse pensamento e considerada a necessidade de se

CD 31 – Planificação da Atenção à Saúde: Um Instrumento de Gestão e […]

Diante das mudanças no perfil demográfico, na transição epidemiológica e nos estilos de vida da população, que evoluem para a prevalência das condições crônicas de saúde, o caminho para enfrentar essa situação é adotar modelo de saúde no formato organizativo de um sistema de saúde integrado que se dê a partir da consolidação das Redes

CD 32 – Os desafios da Gestão do Trabalho nas Secretarias Estaduais de Saúde[…]

O Conselho Nacional de Secretários Estaduais de Saúde (Conass) congrega as Secretarias Estaduais de Saúde (SES). Sua missão é articular, representar e apoiar as secretarias no âmbito do Sistema Único de Saúde (SUS), promover a disseminação da informação, a produção e difusão do conhecimento, assim como a inovação e o incentivo à troca de experiências.

CD 33 – Guia de Contratação de Serviços e Aquisição de Soluções em Tecnologia […]

Diante da necessidade de informações atualizadas e disponíveis para o planejamento e monitoramento das ações, bem como da troca de informações clínicas entre os diversos pontos de atenção com vistas à continuidade do cuidado, torna-se cada vez mais importante a informatização dos diversos serviços de saúde. Multiplicam-se assim as demandas não só para a contratação

CD 34 – APRIMORAMENTO DA GESTÃO DE SEGURANÇA DO PACIENTE […]

 O Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass), em sua missão de produção, difusão do conhecimento e incentivo à troca de experiências, apresenta esta publicação de forma didática, da teoria à prática, com intuito de promover o fortalecimento da segurança do paciente no Sistema Único de Saúde (SUS). Este caderno da Coleção Conass Documenta –

CD 36 – Estudos sobre a Planificação da Atenção à Saúde no Brasil

A Planificação da Atenção à Saúde (PAS) é uma estratégia de gestão, planejamento e organização tanto da Atenção Primária à Saúde (APS), quanto da Atenção Ambulatorial Especializada (AAE). Consiste, entre outras atividades estruturantes, a realização de oficinas, tutorias e capacitações de curta duração para trabalhadores e gestores das secretarias de saúde dos estados e municípios,

CD 35 – AS ESCOLAS ESTADUAIS DE SAÚDE PÚBLICA

O investimento em aperfeiçoamento profissional sempre foi objetivo prioritário durante minha carreira no serviço público. Acredito que o incentivo à capacitação técnica e humana daqueles que conduzem a burocracia brasileira seja o caminho mais sólido para garantirmos políticas públicas que façam a diferença e beneficiem toda a população, tanto em médio quanto em longo prazo.

CD 37 – PESQUISA MULTICÊNTRICA SOBRE EVENTOS ADVERSOS RELACIONADOS A MEDICAMENTOS

Segurança do Paciente vem se estruturando no Brasil ao longo dos últimos anos, assumindo um importante espaço na agenda dos gestores públicos. O Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass), representado pela assessora técnica Carla Ulhoa André, em parceria com a Organização Pan- Americana (OPAS), representada pelo Dr. Renato Tasca, reconhecendo tal importância, corroboram esta

CD 38 – A ATENÇÃO PRIMÁRIA À SAÚDE NO SUS: AVANÇOS E AMEAÇAS

São inegáveis os avanços da Atenção Primária à Saúde (APS) no Brasil nas últimas décadas, com aumento expressivo do acesso da população brasileira a esse nível de atenção. Vários estudos evidenciam que, além do acesso, também houve melhora significativa nos indicadores de saúde. De acordo com a Política Nacional de Atenção Básica (PNAB), a Estratégia

CD 40 – CICLOS DE MELHORIAS NA ATENÇÃO PRIMÁRIA À SAÚDE

O Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass) vem desenvolvendo a Planificação da Atenção à Saúde em várias regiões de saúde do país, desde 2003. A ocorrência da pandemia da covid-19 e o impacto causado nas diversas regiões brasileiras impôs aos gestores e profissionais formular estratégias para enfrentar a situação sem prejuízo da evolução do

CD 41 – Regulação e Contratualização de Serviços Hospitalares no SUS

O Conselho Nacional de Secretários de Saúde (CONASS), dentro do Programa de Apoio à Secretarias Estaduais de Saúde (PASES), promoveu em 2018/2019 o Projeto de Apoio a Contratualização dos Hospitais Privados sem fins lucrativos em 20 Secretarias Estaduais de Saúde (SES), sendo que, desde aquela época, há uma grande demanda por parte dos gestores estaduais

CD 42 – Covitel: um retrato dos impactos da pandemia nos fatores de risco para doenças crônicas não transmissíveis

Esta publicação apresenta, a partir de recortes por cada macrorregião do Brasil, os resultados do Covitel, Inquérito Telefônico de Fatores de Risco para Doenças Crônicas não Transmissíveis em Tempos de Pandemia. Realizado pela Vital Strategies e pela Universidade Federal de Pelotas (UFPel), a partir de articulação e financiamento da Umane, a iniciativa contou ainda com

CD 45 – Projeto de Enfrentamento da Morbimortalidade por Acidentes de Trânsito (e-Transitar)

O combate à morbimortalidade no trânsito é um dos maiores desafios da sociedade moderna. A cada ano, milhões de pessoas morrem ou se ferem em acidentes de trânsito, sendo estes um dos maiores motivos de morte no mundo. Para minimizar esses índices, é necessária uma abordagem multidisciplinar, envolvendo ações de educação, fiscalização, engenharia de trânsito,