Pernambuco – Projeto e-Transitar / 1º Quadrimestre 2021

Ações de vigilância e enfrentamento aos acidentes de transporte terrestre da Secretaria Estadual de Saúde de Pernambuco alusivas ao Maio Amarelo

Movimento Maio Amarelo busca chamar a atenção da sociedade para os altos índices de mortos e feridos no trânsito em todo o mundo. A intenção é trazer à pauta a magnitude dos acidentes de transporte terrestre (ATT) e, consequentemente, sensibilizar cada cidadão na adoção de comportamentos mais seguros e responsáveis, tendo como princípio a preservação da sua própria vida e a dos demais cidadãos.

No sentido de apoiar e incentivar a divulgação do Maio Amarelo, uma vez que os ATT configuram-se como problema de saúde pública que necessita de um conjunto de ações articuladas e sistematizadas para o seu enfrentamento, a SES-PE desenvolveu durante o mês de maio algumas ações específicas:

  1. Realização do Debate Virtual “Respeito e responsabilidade no trânsito: Promovendo saúde e cultura de paz”. O evento foi uma iniciativa da Coordenação de Vigilância de Acidentes e Violências, da Gerência de Vigilância de Doenças e Agravos Não Transmissíveis e Promoção da Saúde (GVDANTPS), no âmbito da Secretaria Executiva de Vigilância em Saúde (SEVS/SES-PE), em parceria com a Escola de Governo em Saúde Pública de Pernambuco (ESPPE/SES-PE), e teve por objetivo sensibilizar gestores públicos, profissionais das áreas relacionadas ao tema e comunidade em geral sobre práticas que contribuem para um trânsito seguro, além de buscar o fortalecimento das ações de prevenção de acidentes e promoção da saúde, como forma de tornar o trânsito um espaço mais acessível, agradável e equitativo para todos. O debate foi gravado e pode ser acessado, a qualquer tempo, por meio do Canal do YouTube da ESPPE (https://www.youtube.com/watch?v=mUpZB7Gnqec).

  1. Mobilização com os trabalhadores da sede da Secretaria Estadual de Saúde, com distribuição de máscaras amarelas, em alusão ao Movimento Maio Amarelo, além de orientações sobre comportamentos seguros no trânsito e o correto uso/descarte de máscaras, no contexto da pandemia de Covid-19. Disponível em https://www.instagram.com/p/CPjb5Cvrx8L/?utm_medium=share_sheet

Crédito: Miva Filho/SES-PE

 

  1. Execução de 36 ações pela Operação Lei Seca de Pernambuco (OLS/PE), sendo, 19 palestras em empresas, 09 blitzs educativas com condutores e 08 ações educativas em instituições, bares e restaurantes, totalizando 1.573 pessoas abordadas com foco nas orientações e conscientização dos riscos da mistura do álcool e direção, além da ênfase ao tema do Maio Amarelo “Respeito e responsabilidade: Pratique no trânsito”.

Crédito: Operação Lei Seca de Pernambuco

Destaca-se que reforçar as ações por meio das pautas alusivas à prevenção de acidentes de trânsito é muito importante, porém as atividades educativas e de fiscalização integram as práticas de rotina das equipes de vigilância de ATT e da OLS/PE, visando especialmente à sensibilização para adoção de atitudes seguras no trânsito, no que contribuem para a promoção da saúde.

Ações de vigilância e enfrentamento aos acidentes de transporte terrestre da Secretaria Estadual de Saúde de Pernambuco (Jan-Abr/2021)

A Vigilância de Acidentes de Transporte Terrestre (ATT), regulamentada em Pernambuco por meio da Portaria SES nº 482/2016, tem como objetivo produzir informações sobre o perfil das vítimas de acidentes de transporte terrestre, atendidos nas Unidades Sentinela de Informação sobre Acidentes de Transporte Terrestre (Usiatt), monitorando as características dos acidentados e as circunstâncias dos eventos, para subsidiar políticas públicas de prevenção do agravo e de promoção da saúde e a organização da rede de atenção aos acidentados.

A partir do seu escopo de atuação e levando em consideração o contexto da epidemia de Covid-19, foram realizadas pela área técnica estadual de Vigilância de ATT, durante o 1º quadriênio de 2021, as seguintes atividades:

– Discussão dos indicadores do Plano de Qualificação do Sinatt (PQS), a serem monitorados no quadriênio, em pauta da reunião da Rede Estadual de Vigilância Epidemiológica Hospitalar (VEH), com participação de profissionais que atuam na notificação dos casos de ATT nas unidades sentinela;

– Realização de encontros de monitoramento do PQS em quatro Usiatt (Hospitais Regionais Emilia Câmara, do Agreste, José Fernandes Salsa e Hospital Universitário de Petrolina) com técnicos que atuam no fluxo e na notificação de casos ATT dessas unidades;

– Realização de 02 (dois) treinamentos com profissionais que atuam na vigilância sentinela de ATT em nível Regional (I Região de Saúde) e nível central, para o desenvolvimento das ações específicas desta vigilância;

– Reunião de alinhamento e qualificação das ações dos Comitês Regionais de Vigilância do Óbito por ATT já implantados no estado, com técnicos das II, VIII e XII Regiões de Saúde;

– No eixo da disseminação da informação, foi produzido o informe epidemiológico referente às notificações de acidentados de transporte terrestre atendidos nas Usiatt no ano de 2020 (disponível em https://tinyurl.com/InformePEATT2020).

Neste sentido, no 1° quadrimestre/2021, destacam-se a qualificação da informação de vítimas de ATT notificadas nas unidades sentinela estaduais, e disseminação da informação para profissionais de saúde e para equipes técnicas de gestão do trânsito que atuam por meio das parcerias intersetoriais.

Fonte: SES/PE

<-Voltar