Autoridades acompanham simulado de cena da Força Nacional do SUS

Nesta quinta-feira (11), foi realizado no Pavilhão de Carapina, na Serra, o simulado de cena referente à capacitação da “Resposta a Incidentes com Múltiplas Vítimas (IMV)” para profissionais de diversos órgãos do Espírito Santo. Ministrado pela Força Nacional do SUS, juntamente com a Secretaria da Saúde (Sesa), o evento contou com a participação do Ministro da Saúde, Marcelo Queiroga; a vice-governadora do Estado, Jacqueline Moraes, e o secretário de Estado da Saúde, Nésio Fernandes.

Durante a capacitação foram demonstradas as medidas e decisões corretas para salvar vidas em desastres de grandes proporções. Na ilustração, 25 voluntários de Instituições de Ensino Superior do Estado atuaram como vítimas de um acidente de trânsito envolvendo carros, motocicletas, ciclistas e pedestres.

Em sua fala, o ministro da Saúde afirmou que capacitações como essas são fundamentais para salvar vidas, sendo uma grande oportunidade de aprendizado aos profissionais que estão na linha de frente de socorro. Além disso, ele pontuou a vacinação contra a Covid-19 no Brasil e reconheceu o País como forte em imunização.

“Fico feliz em presenciar essa ação da Força Nacional do SUS em parceria com instituições tão importantes do Espírito Santo. Estamos investindo fortemente em capacitações e acreditamos que essa iniciativa salva muitas vidas, sendo essa a certeza que, de forma qualificada, trabalharemos para as políticas públicas tenham completude. Aproveito para destacar a campanha de vacinação contra a Covid-19 em todo o País, em que já temos mais de 70% da população vacinada e mais de 200 milhões de doses distribuídas aos estados”, destacou Marcelo Queiroga.

No simulado, o primeiro atendimento aos feridos foi executado pelo Corpo de Bombeiros e, logo em seguida, pela equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU 192), seguindo a ordem do trabalho cotidiano. Além disso, foram selecionados profissionais que foram capacitados nos três dias do curso para auxiliar os socorristas.

A vice-governadora do Estado destacou a importância da capacitação para garantir assistência correta às vítimas e agradeceu a presença do ministro e da Força Nacional do SUS no Estado.

“Foi uma grande satisfação acompanhar ao simulado e presenciar como essa preparação é importante para todos nós. Quero parabenizar e agradecer a todos pelo excelente trabalho feito e, além disso, por acreditarem na vacinação e seguirem os protocolos de segurança contra a Covid-19. Destaco ainda que nós não montamos um hospital de campanha durante toda pandemia e isso nos permite ter um legado enorme de leitos disponibilizados à população capixaba, sendo essa mais uma decisão acertada do Governo do Estado e dos gestores de saúde”, disse Jacqueline Morais.

O secretário de Estado da Saúde ressaltou que o simulado de cena é fundamental para demonstrar como o atendimento é administrado no cotidiano, sendo uma oportunidade de criar uma instância estadual para respostas aos possíveis desastres.

“Essa prática permite que os profissionais se aprimorem cada vez mais na sua rotina de trabalho. Para o próximo ano, estamos com algumas capacitações nessa linha de aprendizado para tornar nossa equipe cada vez mais preparada, e pensar em criar uma instância estadual para respostas as inundações, acidentes com plataforma petrolífera, acidente com trem, entre outros incidentes”, explicou.

Após o atendimento no local, voluntários foram encaminhados pelas ambulâncias do SAMU para o Hospital Estadual Dr. Jayme Santos Neves (HEJSN), também na Serra, com o objetivo foi mostrar o trajeto e o trânsito local até a unidade. Outras vítimas foram levadas ao Hospital de Urgência e Emergência ‘São Lucas’, em Vitória, onde ocorreu  a simulação do atendimento hospitalar.

Também estiveram presentes na capacitação: o secretário de Atenção Especializada a Saúde, Sergio Okane; deputada federal, Soraya Manato; deputado estadual, Torino Marques; deputado estadual, Danilo Bahiense; prefeito do município da Serra, Sergio Vidigal; secretaria municipal de saúde da Serra, Bernadete Coelho; e o tenente-coronel e comandante do Batalhão de Trânsito da Polícia Militar, Glariston Fonseca.

 

Simulação no HEUE

O Hospital Estadual de Urgência e Emergência ‘São Lucas’ recebeu quatro vítimas para receber atendimento na unidade. Três voluntários foram encaminhados, por meio do suporte básico do SAMU 192 e um pelo Núcleo de Operações e Transporte Aéreo da Secretaria da Casa Militar (Notaer).

Os pacientes receberam o atendimento padrão do pronto-socorro: foram classificados na porta, levados para a sala de trauma ou para a sala de choque, a depender da gravidade das lesões e em seguida atendidos pela equipe médica e de enfermagem.

Os integrantes do curso, bem como os funcionários do hospital, tiveram a oportunidade de exercitar o planejamento conjunto em situações que empreguem resposta coordenada.

A coordenadora do Pronto-Socorro do hospital, Ariana Dias, participou de todas as etapas do curso e comemora a agilidade e os bons resultados no simulado.

“É um evento que visa a alinhar todas as forças nacionais em prol de um atendimento eficaz que garanta a manutenção da vida no maior número possível diante de uma situação catastrófica com múltiplas vítimas. É emocionante apoiar sendo referência no atendimento e contribuindo com todos os esforços da Força Nacional SUS”, contou a profissional.

A Capacitação

A capacitação teve início no Espírito Santo, nessa terça-feira (09) e teve mais de 260 profissionais participantes. Durante três dias, foram debatidos e refletidos, por meio de atividades teóricas e práticas, críticas à atuação em incidentes que envolvem múltiplas vítimas.

O encerramento aconteceu, nesta quinta-feira (11), no Centro de Convenções de Vitória, onde foram entregues os certificados de participação para todos que completaram 100% da carga horária do curso.

Essa foi a primeira vez que a Força Nacional do SUS, Ministério da Saúde, realizou a capacitação no Estado. A equipe da organização já esteve presente em solo capixaba em 2013 para contribuir no resgate e administração das enchentes que atingiram os municípios naquele ano.

Visita do ministro ao Hospital Evangélico de Vila Velha

Durante agenda no Estado, nesta quinta-feira (11), o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, acompanhado do secretário de Estado da Saúde, Nésio Fernandes, e demais autoridades, visitou o Hospital Evangélico de Vila Velha (HEVV).

Foram feitas visitas em áreas assistenciais do hospital, como o setor de diagnóstico por imagem, uma das unidades de tratamento intensivo e a hemodinâmica.  O ministro também conheceu a obra do Hospital Oncológico – Unacon – que recebe repasse do Governo do Estado.

Fonte: Assessoria de Comunicação da Sesa

Syria Luppi / Kárita Iana / Luciana Almeida / Thaísa Côrtes / Danielly Schulthais / Ana Cláudia dos Santos

asscom@saude.es.gov.br

<-Voltar