CD 45 – Projeto de Enfrentamento da Morbimortalidade por Acidentes de Trânsito (e-Transitar)

O combate à morbimortalidade no trânsito é um dos maiores desafios da sociedade moderna. A cada ano, milhões de pessoas morrem ou se ferem em acidentes de trânsito, sendo estes um dos maiores motivos de morte no mundo.

Para minimizar esses índices, é necessária uma abordagem multidisciplinar, envolvendo ações de educação, fiscalização, engenharia de trânsito, saúde pública, entre outras. O desenvolvimento de políticas públicas, centradas na prevenção de acidentes e na redução de suas causas, é essencial para reduzir a morbimortalidade no trânsito. Além disso, a participação da sociedade é fundamental para o sucesso dessas medidas. Outrossim, a conscientização e a mobilização das pessoas são indispensáveis para que os problemas sejam enfrentados. Por fim, a adoção de tecnologias e a infraestrutura adequada para proporcionar a segurança e a fluidez no trânsito são cruciais para garantir a segurança de todos.

Nesse sentido, o Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass) iniciou, em 2019, o projeto de Enfrentamento da Morbimortalidade por Acidentes de Trânsito (e-Transitar), que tem como objetivos apoiar as Secretarias Estaduais de Saúde na implantação e/ou fortalecimento do Programa Estadual Vida no Trânsito; apoiar a construção e/ou fortalecimento do Plano de Ação Estadual de Enfrentamento da Morbimortalidade por Acidentes de Trânsito; e potencializar os instrumentos de gestão, propiciando maior eficiência na gestão dos agravos e das situações vinculadas aos acidentes de trânsito.

Este volume da série Conass Documenta apresenta os resultados do projeto nas Secretarias Estaduais de Saúde e suas repercussões no âmbito dos estados.