EDIÇÃO 05 – JULHO, AGOSTO E SETEMBRO DE 2012

capa_revista_5O Movimento Nacional em Defesa da Saúde Pública – Saúde +10 – tem como objetivo coletar assinaturas para um Projeto de Lei de Iniciativa Popular que assegure o repasse efetivo e integral de 10% da Receita Corrente Bruta da União para a saúde pública brasileira, alterando-se, dessa forma, a Lei Complementar n. 141, de 13 de janeiro de 2012.

Motivo de caminhada do CONASS pelo país a fora, o movimento representa mais que uma luta para recompor os recursos para a saúde: é, também, uma oportunidade de retomar a consciência política da sociedade para a defesa do Sistema Único de Saúde, que, desde a sua criação, busca formas de financiamento suficiente e sustentável que garantam o direito constitucional à saúde para todos os brasileiros.

Com a postura de quem sempre lutou pela consolidação desse sistema de saúde que é universal e gratuito, o CONASS, juntamente com mais de cem entidades, toma para si a tarefa de mobilizar a sociedade brasileira em torno dessa causa.

Garantir 10% da Receita Corrente Bruta da União para o SUS é proporcionar avanços nos desafios da universalização, da integralidade e da equidade. É garantir mais de 1 milhão de internações por mês, mais de 100 milhões de habitantes cobertos pela atenção primária à saúde, mais de 3,2 bilhões de procedimentos ambulatoriais, mais de 500 milhões de consultas médicas por ano, o recorde mundial de transplantes de órgãos realizados na rede pública, entre outras tantas melhorias que o Sistema Único de Saúde tem proporcionado a quem dele necessita.

Em 2013, ao encaminharmos 1,5 milhão de assinaturas ao Congresso Nacional, vislumbraremos um novo horizonte para o SUS, com estados, municípios e, principalmente, a União aplicando em saúde o que lhes é de fato responsabilidade. Só assim, seremos capazes de fazer valer o que está escrito na Constituição Federal: a saúde é direito de todos e dever do Estado.

Assine você também e ajude a fortalecer a saúde do Brasil!

Versões disponíveis

Versão em Revista

Versões disponíveis

EDIÇÃO 05 – JULHO, AGOSTO E SETEMBRO DE 2012

REVISTA CONSENSUS

EDIÇÃO 33 – OUTUBRO, NOVEMBRO E DEZ. DE 2019
EDIÇÃO 32 – JULHO, AGOSTO E SETEMBRO DE 2019
EDIÇÃO 31 – ABRIL, MAIO E JUNHO. DE 2019
EDIÇÃO 30 – JANEIRO, FEVEREIRO E MARÇO DE 2019
EDIÇÃO 29 – OUTUBRO, NOVEMBRO E DEZ. DE 2018
EDIÇÃO 28 – JULHO, AGOSTO E SETEMBRO DE 2018
EDIÇÃO 27 – ABRIL, MAIO E JUNHO. DE 2018
EDIÇÃO 26 – JANEIRO, FEVEREIRO E MARÇO . DE 2018
EDIÇÃO 25 – OUTUBRO, NOVEMBRO E DEZ. DE 2017
EDIÇÃO 24 – JULHO, AGOSTO E SETEMBRO DE 2017

CONASS DOCUMENTA

CD 36 – Estudos sobre a Planificação da Atenção à Saúde no Brasil
CD 34 – APRIMORAMENTO DA GESTÃO DE SEGURANÇA DO PACIENTE […]
CD 33 – Guia de Contratação de Serviços e Aquisição de Soluções em Tecnologia […]
CD 32 – Os desafios da Gestão do Trabalho nas Secretarias Estaduais de Saúde[…]
CD 31 – Planificação da Atenção à Saúde: Um Instrumento de Gestão e […]
CD 30 – O Direito Sanitário como instrumento de fortalecimento do SUS […]
CD 29 – 2º Levantamento da Organização, Estrutura e Ações da Área de RH nas SES
CD 28 – Rede de Atenção às Urgências e Emergências: Avaliação da Implantação e […]
CD 27 – Seminário Internacional Atenção Primária à Saúde: Acesso Universal e […]
CD 26 – A Lei n. 141/2012 e os Fundos de Saúde

COLEÇÃO PARA ENTENDER A GESTÃO DO SUS 2011

LEGISLAÇÃO ESTRUTURANTE DO SUS
SAÚDE SUPLEMENTAR
CIÊNCIA E TECNOLOGIA EM SAÚDE
REGULAÇÃO EM SAÚDE
GESTÃO DO TRABALHO E DA EDUCAÇÃO NA SAÚDE
A GESTÃO ADMINISTRATIVA E FINANCEIRA NO SUS
ASSISTÊNCIA FARMACÊUTICA NO SUS
VIGILÂNCIA EM SAÚDE – PARTE 2
VIGILÂNCIA EM SAÚDE – PARTE 1
ASSISTÊNCIA DE MÉDIA E ALTA COMPLEXIDADE

Gestão e Redes

DESAFIOS DO SUS
A CONSTRUÇÃO SOCIAL DA ATENÇÃO PRIMÁRIA À SAÚDE – 2a Edição
AS REDES DE ATENÇÃO À SAÚDE
O CUIDADO DAS CONDIÇÕES CRÔNICAS NA ATENÇÃO PRIMÁRIA À SAÚDE
SUS – AVANÇOS E DESAFIOS
A GESTÃO DA SAÚDE NOS ESTADOS
OFICINAS DE PLANIFICAÇÃO DA APS