Campanha ´Se liga no Corona!`: Novos materiais sonoros com lideranças religiosas no combate à Covid-19

O grupo de mídia sonora da campanha ‘Se liga no Corona!’, da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz),  divulga novos materiais de áudio com a participação de lideranças religiosas que atuam em algumas favelas e periferias, representando os moradores desses territórios. O objetivo é reforçar a necessidade das medidas de higiene e prevenção para o cuidado nesses espaços diante da flexibilização da quarentena e enfrentamento da Covid-19.

Participam dos spots: Padre Gegê, da Igreja Católica, que atua em Manguinhos; Ana Bartira, Filha de Santo/Umbanda (representando as religiões de matrizes africanas), que atua em Engenhoca, Niterói; Helena Edir – Ministra da Eucaristia que atua na Maré; e Lucia Helena – presidente da Primeira Igreja Batista em Manguinhos. Todos os convidados compõem os oito materiais da nova série de spots.

Os áudios da Campanha de Comunicação Se Liga no Corona estão disponíveis no Portal  Fiocruz, e para acessar os dos Representantes e Lideranças Religiosas, clique aqui: https://portal.fiocruz.br/se-liga-no-corona/audios

Os áudios também estão disponíveis no:

Spotify –  https://open.spotify.com/show/7tp9gIhUszGTn6HiFhhuDz

SoundCloud – https://soundcloud.com/seliganocorona/sets/representantesreligiosos

Anchor – https://anchor.fm/seliganocorona

Eles podem ser baixados gratuitamente para uso nas rádios em geral, em especial, as comunitárias, veículos com aparelhagem de som e etc.

A campanha ‘Se liga no Corona!’ foi idealizada com base na prevenção ao novo Coronavírus (Covid-19) considerando o cenário de populações em situação de vulnerabilidade socioambiental. Um dos focos principais do conteúdo é atingir moradores e pessoas atuantes nas periferias brasileiras, através do compartilhamento e circulação desses áudios nesses territórios.

A iniciativa é fruto da articulação entre a Fundação Oswaldo Cruz, Redes da Maré, Conselho Comunitário de Manguinhos, Conselho Gestor Intersetorial (CGI – Teias Manguinhos), Comissão de Agentes Comunitários de Saúde de Manguinhos (Comacs), Coletivo Favelas Contra o Coronavírus, Jornal Fala Manguinhos! e o Sindicato dos trabalhadores da Fiocruz, Asfoc-SN.

<-Voltar