Edição 2021 do APS Forte traz relatos sobre combate à covid-19

Na próxima sexta-feira (16), o Ministério da Saúde e a Opas reconhecem experiências de excelência do SUS no enfrentamento da pandemia

O Ministério da Saúde e a Organização Pan-Americana da Saúde (Opas) no Brasil vão reunir no dia 16 de julho, às 9h30, os 19 autores das experiências de excelência selecionadas pela iniciativa “APSForte no SUS – no combate à pandemia de covid-19”. A cerimônia ocorrerá por videoconferência e marca o encerramento da atividade lançada em maio de 2020, com o objetivo de identificar e dar visibilidade a experiências exitosas da Atenção Primária à Saúde (APS) no enfrentamento da pandemia.

Desde que a Organização Mundial da Saúde (OMS) declarou Emergência de Saúde Pública de Importância Internacional (ESPII), o Ministério da Saúde, por meio da Secretaria de Atenção Primária à Saúde (Saps), voltou suas ações para o enfrentamento do coronavírus, principalmente para nortear a atuação do governo federal quanto à emergência de saúde pública no âmbito da Atenção Primária. “Dar visibilidade às experiências que fizeram a diferença na vida dos cidadãos é reconhecer todo o trabalho tripartite do SUS. Com essa iniciativa, almejamos que um serviço de qualidade da APS seja feito em todos os municípios”, afirmou o secretário da Saps, Dr. Raphael Câmara.

A Atenção Primária é o serviço mais capilarizado da rede, coordenando o cuidado e a oferta integral de ações que resolvem pelo menos 80% dos problemas de saúde das pessoas. Na APS, é possível identificar precocemente os casos suspeitos de infecção pelo novo coronavírus, resolver grande parte dos casos da infecção que apresentam curso leve e inibir a ida desnecessária das pessoas a serviços de urgência e hospitais. E, no último ano, o MS investiu em diversas ações de fortalecimento da Atenção Primária tanto para permanência da oferta dos serviços essenciais das Unidades Básicas de Saúde de todo o País quanto para o atendimento de casos suspeitos de covid-19.

APS Forte 2021

Foram analisados 1.631 relatos de práticas desenvolvidas por profissionais do Sistema Único de Saúde (SUS). A iniciativa também concede certificados de menção honrosa para 261 experiências finalistas (confira aqui). Essa seleção aponta um grupo de municípios com alta motivação e sensibilidade sobre o papel e a responsabilidade da Atenção Primária na resposta à pandemia.

No decorrer de 2020, a iniciativa promoveu o intercâmbio de conhecimento e vivências entre os profissionais da APS que participaram de 12 debates virtuais e divulgaram os relatos de práticas no combate à covid-19 no repositório ancorado no Portal da Inovação na Gestão do SUS (www.apsredes.org). Na cerimônia, também será lançado o e-book NavegadorSUS-APS Forte no SUS, com o registro das práticas selecionadas, por meio de depoimentos em vídeo e fotografias dos autores e usuários envolvidos.

Participarão da cerimônia a representante da Opas-OMS no Brasil, Socorro Gross, o secretário da Atenção Primária do Ministério da Saúde (Saps), Raphael Câmara, a diretora do Departamento de Saúde da Família (Desf), Renata Maria de Oliveira Costa, e representantes do Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass), Conselho Nacional de Secretarias Municipais de Saúde (Conasems) e Conselho Nacional de Saúde (CNS).

O evento será virtual, com os autores conectados on-line e transmissão no canal do YouTube da Saps e YouTube do Portal Inovação em Saúde.

Confira as 261 experiências selecionadas pela iniciativa APS Forte no SUS – no combate à pandemia com menção honrosa: clique aqui.

Informações Gerais sobre o evento

Data:  16 de julho de 2021, sexta-feira

Horário: a partir das 9h30

Transmissão:  Teleconferência via  Zoom com autores, com transmissão pelo YouTube Portal da Inovação em Saúde e pelo canal do YouTube da APS

youtube – Portal da Inovação na Gestão do SUS – YouTube

 

Programação Preliminar

Hora Atividade
9:30h Recepção dos participantes
10h Mesa de Abertura (Opas, Saps/MS, Conass, Conasems e CNS)
10:20 Apresentação do documentário:

APS Forte no combate à pandemia

10:30 Reconhecimento das experiências de excelência por eixo temático:

·         Continuidade dos Serviço Essenciais da APS

·         Organização dos Serviços e Gestão da Resposta no Combate À COVID19

·         Prevenção e Comunicação

·         Vigilância e Monitoramento

·         Ações voltadas para proteção de grupos vulnerabilizados

12:00 Encerramento

Fonte: Ministério da Saúde

<-Voltar