Funesa organiza Produção Técnica e Científica da Saúde Estadual para publicar na Biblioteca Virtual em Saúde

A fim de tornar pública a produção técnica e científica da Saúde Estadual na BVS (Biblioteca Virtual em Saúde), a Secretaria de Estado da Saúde (SES), através da Fundação Estadual de Saúde (Funesa), aderiu ao projeto de Cooperação Técnica entre o Conselho Nacional de Secretarias de Saúde (Conass) e a Biblioteca Regional de Medicina (Bireme), centro especializado da Organização Pan-Americana da Saúde/Organização Mundial da Saúde (OPAS/OMS), que possibilita o registro de Produção Técnica e Científica das Secretarias Estaduais da Saúde de todo o Brasil.

No âmbito da Escola de Saúde Pública de Sergipe (ESP/SE), a Funesa é a referência para coletar, analisar, processar e cadastrar o material produzido pelas instituições na Plataforma da BVS. Entre os documentos necessários estão: publicações periódicas; monografias, trabalhos apresentados em eventos científicos (seminários, conferências, reuniões, congressos); manuais e guias; tese e dissertação; relatórios técnico-científicos; estatísticas; material educativo; filmes, gravações em vídeo e registros sonoros não musicais.

De acordo com a analista educacional da Funesa, Paloma Sant’Anna, essa iniciativa é de extrema importância para o SUS e, principalmente para o SUS Sergipe. “Antes não tínhamos essa oportunidade de dar visibilidade aos materiais produzidos por técnicos e profissionais de saúde do estado. A partir de agora, todo material técnico e científico que for produzido dentro do estado poderá ser disponibilizado na BVS, o que torna as produções científicas acessíveis a um infinito número de pessoas”, explica.

O material recebe um tratamento técnico, sendo catalogado e indexado utilizando descritores da saúde. “Isso ajuda a disseminar a informação produzida e facilita o acesso, à medida que também passa a ser recuperado dentro do catálogo de busca da BVS. O resumo em língua nacional é produzido pela bibliotecária da Fundação e recebe tradução em outras línguas, já que a base de dados é feita em português, inglês, francês e espanhol”, informa Paloma, que acrescenta: “O projeto contribui significativamente para o avanço do SUS Sergipe, considerando que a partir da divulgação de resultados e dados de pesquisas técnicas e científicas produzidas em nosso estado, poderemos avançar na qualificação de nossas políticas públicas, consolidando e fortalecendo cada vez mais o nosso”.

A seleção e registro dos materiais são realizados pela Editora e pela bibliotecária da Funesa, que é centro cooperante do Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde. A bibliotecária Laurides Batista ressalta que o projeto é muito importante, um diferencial, pois as pessoas terão acesso a toda produção, disponibilizada gratuitamente. “A Editora organiza e seleciona todo o material e eu faço a inclusão na BVS. Como profissional, pra mim está sendo muito importante, pois temos acesso a muito material. Já conhecia a base de dados LILACS (principal índice e repositório da produção científica e técnica da área da saúde publicada nos países da América Latina e Caribe), mas trabalhar nela é gratificante. Estou aprendendo muito aqui”.

Para a diretora geral da Funesa, Lavínia Aragão, é uma satisfação ter mais uma parceria estabelecida com o Conass e a Opas, “pois gera grande fortalecimento das produções enquanto saúde estadual, na medida que terá valorização das publicações com amplitude nacional e até internacional, a partir da base de dados da LILACS, por exemplo. A gente fica muito feliz de participar dessa agenda tão potente, entendendo que é mais um avanço da Saúde Estadual, na medida que todas essas produções feitas a nível estadual terão, além de uma publicidade, um alcance muito maior, valorizando e reconhecendo todo o trabalho desenvolvido pelos técnicos e gestores estaduais da saúde”, destaca.

O(a) interessado(a) em publicar produções deve acessar o formulário online, por meio do link https://bity.live/jqnBog6 . Em caso de dúvidas, o interessado pode entrar em contato através do e-mail editora@funesa.se.gov.br , ou pelo telefone (79) 3198-3818.

Fonte: Funesa

<-Voltar