Governo do Estado disponibiliza mais de 31 mil procedimentos médicos na Região Metropolitana

O Governo do Espírito Santo não para de investir na saúde pública capixaba. Ao todo, 31.418 procedimentos médicos estão sendo disponibilizados na Região Metropolitana do Estado, dentro do Programa Saúde Fácil. A ação tem como objetivo reduzir a demanda reprimida dos últimos anos e dar celeridade aos atendimentos especializados. O investimento é de mais de R$ 2,2 milhões anuais.

Os serviços tiveram início no final do mês de julho, sendo 26.840 consultas e exames cardiológicos e 4.578 exames de ressonância magnética e densitometria óssea. Serão contemplados aproximadamente 21 mil usuários do Sistema Único de Saúde (SUS) de 23 municípios.

São eles: Afonso Cláudio, Aracruz, Brejetuba, Cariacica, Conceição do Castelo, Domingos Martins, Fundão, Guarapari, Ibatiba, Ibiraçu, Itaguaçu, Itarana, João Neiva, Laranja da Terra, Marechal Floriano, Santa Leopoldina, Santa Maria de Jetibá, Santa Teresa, Serra, Venda Nova do Imigrante, Viana, Vila Velha, e Vitória.

O gerente de Assistência Ambulatorial Especializada da Sesa, Paulo Reblin, ressaltou que os procedimentos contribuem para que o diagnóstico do paciente seja descoberto de forma mais rápida e conclusiva.

“Os procedimentos trazem celeridade e um menor tempo de espera para a realização das consultas e exames. Além disso, contribui para o diagnóstico mais rápido do paciente, permitindo que o tratamento seja feito de forma mais assertiva e rápida”, relatou.

A superintendente da região, Cibely Pandini, destacou que essa iniciativa do governo é fundamental para agilizar as cirurgias eletivas, além de contribuir para o melhor atendimento e assistência à população que necessita de procedimentos especializados.

“Essa é mais uma etapa do Programa Saúde Fácil, em que a Secretária da Saúde (Sesa) credencia instituições para a realização de consultas e exames e forma regionalizada. Com essa oferta, conseguiremos dar agilidade nos procedimentos de pacientes que aguardam em filas de espera e também atender à demanda de exames pré-operatórios para que as cirurgias eletivas sejam realizadas com mais rapidez”, disse.

Os procedimentos foram contratualizados por meio do Edital 0001/2020, e serão realizados nas unidades das duas empresas contratadas, sendo uma Vitória e outra em Vila Velha.

Como ter acesso aos procedimentos

Para ter acesso às consultas e exame ofertados pelo Governo do Estado, o cidadão deve procurar a Unidade Básica de Saúde (UBS) mais próxima da sua residência para ser avaliado pelo médico. Caso haja necessidade, o médico irá realizar o cadastro no Sistema Nacional de Regulação (Sisreg) e no Sistema SOUL MV.

Lista de procedimentos

Confira a lista de exames e consultas que serão realizadas por credenciamento nas empresas contratualizadas pelo Governo do Estado.

– 9.600 consultas cardiológicas adulta por ano

– 9.600 exames de eletrocardiograma por ano

– 2.124 exames de ecocardiograma transtorácico por ano

– 716 holters 24 horas por ano

– 4.800 testes de ergométrico por ano

– 3.918 ressonâncias magnéticas por ano

– 660 densitometrias ósseas por ano

Informações à Imprensa:

Assessoria de Comunicação da Sesa

Syria Luppi / Kárita Iana / Luciana Almeida / Thaísa Côrtes / Danielly Schulthais / Ana Cláudia dos Santos

asscom@saude.es.gov.br

<-Voltar