Governo do Estado firma acordo com barco hospital Papa Francisco

Saúde por todo o Pará! Pensando nisso, o governo do Estado assinou, na manhã desta segunda-feira (19), um termo de fomento com a Associação Lar São Francisco de Assis na Providência de Deus para oficializar as ações de atendimento médico e odontológico, exames e outros serviços de saúde que serão levados à população ribeirinha pelo Barco Hospital Papa Francisco. A cerimônia ocorreu na Escadinha do Cais, em Belém, e contou com a presença do governador do Estado, Helder Barbalho, do presidente nato da Associação Lar São Francisco, frei Francisco Belotti, e diversas autoridades.

O termo assinado prevê apoio do governo, através da Secretaria de Estado de Saúde, no valor de R$ 397 mil por mês. As ações vão começar pelo mapeamento da região, com objetivo de conhecer as principais necessidades das comunidades locais, e terão apoio das Secretarias Municipais de Saúde, por meio dos seus agentes, de líderes comunitários e do 9º Centro Regional de Saúde (CRS).

O termo prevê, ainda, que em casos de calamidade, catástrofes, inundações e outras situações emergenciais, o BHPF poderá se deslocar a outras regiões de acordo com a necessidade. O projeto, que funciona no barco, vai disponibilizar consultas médicas especializadas, atendimentos odontológicos, radiografias, mamografias, ultrassonografias, ecocardiogramas, testes ergométricos, exames laboratoriais, dispensação de medicamentos e vacinação.

Contando com centro cirúrgico e quatro leitos hospitalares, a embarcação também está equipada para a realização de pequenas cirurgias. A parceria vai durar um ano, com meta de realizar 12 mil consultas médicas clínicas e especializadas, seis mil atendimentos oftalmológicos, cinco mil consultas odontológicas, 4,6 mil mamografias, 4,6 mil ultrassonografias, 1,5 mil eletrocardiogramas, 1,5 mil testes ergométricos, 40 mil exames laboratoriais, 1,1 mil cirurgias de baixa complexidade e 380 internações em regime de hospital-dia.

“A intenção do governo é que possamos ter estratégias adequadas à realidade de cada região, Foto: particularmente da Calha Norte. É fundamental que levemos em consideração as distâncias e a locomoção através dos nossos rios. Este barco Papa Francisco, esta parceria do governo do Estado com a irmandade São Francisco, permitirá que atendamos aos nove municípios da região de maneira freqüente, perene. Todos os dias percorreremos as localidades com serviços clínicos, médicos, com cirurgias e dando suporte para os hospitais. Dentro de uma estratégia de efetividade, de presença do Estado, de ações que possam efetivamente salvar vidas das pessoas da Calha Norte”, destacou o governador.

E acrescentou: “O nosso Pará tem um tamanho territorial muito significativo, se nós não conseguirmos descentralizar essas ações e fazer com que essas pessoas tenham acesso a esses serviços onde moram, nós não teremos efetividade no atendimento. Por isso, é fundamental que nós olhemos aos centros urbanos, para as comunidades ribeirinhas, quilombolas e indígenas. Cada realidade é muito distinta e descentralizaremos o atendimento, seja o de média e de alta complexidade, mas acima de tudo seremos capazes de levar atendimento preventivo para as comunidades para evitar a doença, dar orientação e salvar a vida das pessoas”, finalizou.

ESTRUTURA – O Barco Hospital Papa Francisco tem 32 metros de comprimento e contará com até 23 profissionais da área da saúde, com capacidade para até 30 tripulantes. Abriga salas para raio-x, mamógrafo, ecocardiograma, teste ergométrico, sala cirúrgica, laboratório de análises, farmácia, sala de vacinação, consultórios médicos, consultório oftalmológico e odontológico e leitos de internação.

Para o frei Francisco Belotti, que é presidente da Associação Lar São Francisco de Assis na Providência de Deus, a ajuda do governo tem uma importância muito grande. “Da mesma forma que o Rio Amazonas é formado pelos seus afluentes, eu entendo que a verba inicial veio do Ministério Público do Trabalho, e agora o governo do Estado abraça essa causa e dá continuidade a esse trabalho, para que nós possamos atender toda a Calha Norte, tanto as cidades quanto os ribeirinhos. Já tivemos uma experiência em Óbidos, em Juruti e aqui no porto Palmeiraço, em Belém. Todas com muito sucesso, somando mais de 3 mil atendimentos”.

O prefeito do município de Terra Santa, Odair Albuquerque, participou da cerimônia e não escondia a felicidade em poder receber esse apoio. “Com certeza estou muito feliz por estar aqui neste momento, recebendo essa benção de Deus. Nós somos o penúltimo município do oeste do Estado, já vizinhos do Amazonas, e graças a Deus com o apoio dos irmãos católicos e do governador Helder Barbalho, vamos receber mais um benefício da saúde. Você sabe que o nosso transporte é feito pelo rio, a nossa cidade só tem acesso à estrada por duas cidades, Faro e Trombetas, onde funciona o Projeto de Minerações do Norte, então nós precisamos realmente desse barco, que irá atender nossos irmãos ribeirinhos da região”.

Estiveram presentes também, além do governador do Estado; o vice-governador, Lúcio Vale; a primeira dama, Daniela Barbalho; o ouvidor geral, Arthur Houat; o presidente da Companhia de Portos e Hidrovias do Pará (CPH), Abraão Benassuly; o chefe do Corpo de Bombeiros, coronel Hayman; o secretário regional do Oeste, Henderson Pinto; o chefe da Casa Civil, Parsifal Pontes; os deputados estaduais Júnior Hage, Jacques Neves, Gustavo Sefer, Orlando Lobato e Angelo Ferrari; além de diversas lideranças religiosas.

Fonte: Agência Pará / William Serique (GABGOV)

<-Voltar