Inscrições abertas para capacitação em atendimento familiar


Online e gratuito, curso terá duração de um ano e quatro meses e propõe um estudo técnico sobre as dinâmicas familiares para aperfeiçoamento dos trabalhos já realizados nos territórios

São 288 horas de aprendizagem on-line e gratuita para as primeiras 80 pessoas inscritas. Essa é a oferta do Curso Capacitação em Atendimento Familiar, voltado preferencialmente a profissionais da rede pública de saúde mental, incluindo profissionais de organizações sociais em saúde ligadas ao SUS e das comunidades terapêuticas vinculadas à Secretaria Nacional de Cuidados e Prevenção às Drogas (Senapred). Com duração de 1 ano e quatro meses, a formação propõe um estudo técnico sobre as dinâmicas familiares para aperfeiçoamento dos trabalhos já realizados nos territórios. Para se inscrever, clique aqui. E atenção ao prazo! Esta é uma segunda oportunidade de matrícula para preenchimento de vagas desocupadas, somente até 10 de maio. Para os novos ingressantes, haverá intensivo para nivelamento dos conhecimentos.

De acordo com Rafael Bernadon, coordenador de Saúde Mental da Secretaria de Atenção Primária à Saúde, os conteúdos propõem a construção de estratégias para a oferta integral do cuidado no atendimento, acolhimento e acompanhamento de famílias e no manejo de situações de crise. “A terapia familiar e sistêmica é uma ferramenta fundamental no atendimento em saúde mental. Poucas pessoas têm essa formação. Esse tipo de trabalho propicia a reconstrução da história familiar em bases que facilitem a convivência, a restauração de vínculos intrafamiliares e a inserção de seus membros na comunidade como cidadãos mais conscientes de seus direitos e deveres”, destaca.

Fruto da parceria entre Ministério da Saúde, o Centro de Estudos Augusto Leopoldo Ayrosa Galvão (Cealag) e a Associação Brasileira de Terapia Familiar (Abratef), o curso contará com ambiente virtual de aprendizagem na plataforma Moodle, em que serão disponibilizados aos alunos o material complementar das aulas, o cronograma de estudos e o manual de aulas. Nessa plataforma também serão realizados o controle de presença, a divulgação de notas e as avaliações, além de publicar o link para acessar as aulas on-line, que acontecerão no aplicativo Zoom.

Organizada em duas etapas, a formação acontecerá assim: 144 horas de aulas teóricas divididas em 4 meses para turma de 75 alunos. Essas aulas terão duração de 24 horas/mês, que serão distribuídas em dois fins de semana quinzenais com 12 horas de estudo cada um – em maio serão três finais de semana seguidos (mais detalhes no cronograma abaixo). Já na segunda fase do projeto, os alunos passarão por 144 horas de supervisão on-line por 6 meses, para 3 turmas de 25 alunos com 12 horas de aula em um fim de semana por mês, conforme programa abaixo.

Importante destacar que o curso é todo on-line, porém as aulas não ficarão gravadas devido à necessidade de interação com os alunos. Ou seja, é necessário assistir às aulas em tempo real. Só receberão certificado os alunos que tiverem 75% de presença no curso.

Preferencialmente voltado a assistentes sociais, psicólogos, psiquiatras, enfermeiros fisioterapeutas e fonoaudiólogos, a proposta objetiva que os participantes desenvolvam e reforcem suas capacidades de realizarem leituras de dinâmicas grupais, com uma visão sistêmica e construcionista do mundo, vendo-o como um todo complexo em que todas as partes e participantes devem ser igualmente respeitados. Instrumentalizando devidamente para que realizem um trabalho com as dinâmicas grupais (famílias e grupos de pacientes) e individuais dos pacientes.

AULAS DE REPOSIÇÃO DOS MÓDULOS I E II

As aulas de reposição têm como objetivo recuperar os módulos já ministrados, mas além disso, será necessário o aluno ler os textos já disponibilizados na plataforma do CEALAG de acordo com os temas das aulas já ministradas.

14/05/2021 – 4 horas – sexta das 18h às 22h

  • Pensamento Sistêmico
  • O olhar do observador dentro do sistema
  • Comunicação humana digital e analógica

15/05/2021 – 8 horas – sábado das 9h às 18h (horário de almoço das 14h às 13h)

  • Mapa estrutural subsistemas fronteiras e tipos de família
  • Construtivismo e Construcionismo Social
  • Fundamentos da terapia breve
  • Genograma Ciclo vital familiar
  1. METODOLOGIAS DE INTERVENÇÃO NO PROCESSO TERAPÊUTICO I – 24 H

Dias 21 e 22 de maio/ 2021: sextas das 18h às 22h/ sábados das 9h às 18h com intervalo de 1h para almoço.

  1. METODOLOGIAS DE INTERVENÇÃO NO PROCESSO TERAPÊUTICO II DE FAMÍLIAS ESPECIAIS – 24 H

Dias 04, 05, 18 e 19 de junho/ 2021: sextas das 18h às 22h/ sábados das 9h às 18h com intervalo de 1h para almoço.

  1. ROLE PLAYING DE DIREÇÃO – SIMULAÇÕES DE ATENDIMENTO, TREINAMENTO DE DIREÇÃO – 24 HORAS

Dias: 02, 03, 16 e 17 de julho/ 20212021: sextas das 18h às 22h/ sábados das 9h às 18h com intervalo de 1h para almoço.

  1. VIVÊNCIA DO MÉTODO 24 HORAS

Dias: 30 e 31 de julho e 13 e 14 de agosto/ 2021: sextas das 18h às 22h/ sábados das 9h às 18h com intervalo de 1h para almoço.

ATENDIMENTO SUPERVISIONADO

12 horas por mês (sexta das 18h às 22h/ sábado das 9h às 18h com intervalo de 1h para almoço) durante 12 meses a partir de agosto 2021.

Se inscreva no link: cealag.com.br/redcap/surveys/?s=873CTNR3L3. Após inscrição, envie um e-mail para gislaine@cealag.com.br com sua foto do crachá para comprovar vínculo e declaração da chefia imediata liberando para as aulas e supervisão. A equipe organizadora enviará resposta confirmando a matrícula.

Fonte: SAPS/MS

<-Voltar