Inscrições para 1º Concurso Município Inovador têm início nesta sexta-feira (19)

Programa Cuidar Melhor abre, nesta sexta-feira (19), as inscrições para o 1º Concurso Município Inovador no Sistema Único de Saúde (SUS) do Ceará. Agentes públicos das secretarias municipais de Saúde do Ceará que atuam em ações e serviços de promoção da saúde, prevenção de agravos, assistência, recuperação e gestão do SUS podem inscrever suas práticas até 22 de dezembro em formulário eletrônico na página do programa.

A iniciativa busca incentivar, reconhecer e premiar boas práticas e experiências inovadoras de cuidado e promoção da saúde nos municípios cearenses, com destaque para ações, projetos, produtos, serviços, programas ou políticas públicas que possam gerar resultados positivos para a saúde pública do Ceará.

Serão avaliadas as práticas mais inovadoras voltadas à integralidade do cuidado materno-infantil, à prevenção da gravidez na adolescência, aos cuidados relacionados à diabetes e hipertensão, à prevenção ao acidente vascular cerebral (AVC) e ao infarto agudo do miocárdio (IAM), além da prevenção de acidentes de trânsito envolvendo motocicletas.


“O primeiro Concurso Município Inovador na história do SUS no Ceará é uma ação estratégica do Programa Cuidar Melhor, com o qual buscamos incentivar e apoiar os municípios em políticas, estratégias e práticas inovadoras, setoriais e intersetoriais, visando a fomentar uma cultura de inovação cooperativa em saúde e melhorar os resultados no enfrentamento aos problemas de saúde no Estado”, afirma o coordenador de Políticas Intersetoriais em Saúde da Sesa, Caio Cavalcanti.

Programa Cuidar Melhor

O governador Camilo Santana sancionou em lei o Programa Cuidar Melhor na última quinta-feira (11). Com isso, fica garantida a Premiação Cuidar Melhor anualmente aos municípios que apresentarem as práticas mais inovadoras em saúde e que obtiverem melhores desempenhos em indicadores de saúde.

O programa é um pacto de cooperação entre o Estado e seus municípios para implementação de políticas destinadas à superação de problemas que mais causam adoecimento e óbito da população cearense e para redução das desigualdades em saúde.

Fonte: SES/CE

<-Voltar