Oficina promove primeira fase do projeto Fortalecimento da Gestão Estadual do SUS

Oficina promove primeira fase do projeto Fortalecimento da Gestão Estadual do SUS – Nielcem Fernandes – Governo do Tocantins

O Projeto Fortalecimento da Gestão Estadual do SUS é uma parceria do Conselho Nacional de Secretarias da Saúde (Conass), Ministério da Saúde e do Hospital Alemão Oswaldo Cruz, no âmbito do Programa de Apoio ao Desenvolvimento Institucional do SUS (PROADI-SUS), para apoiar o planejamento estratégico das Secretarias Estaduais de Saúde para o próximo quadriênio de governo. Este projeto é fruto da adesão da Secretaria na reunião do Conass em fevereiro deste ano, e teve inicio nos dias 21 e 22 de março, com atividades previstas no cronograma até março de 2020.

A facilitadora Rita Ana da Silva Lima, do Hospital Alemão Oswaldo Cruz explica o objetivo do projeto. “Nosso objetivo é apoiar o fortalecimento do planejamento estratégico das Secretarias Estaduais de Saúde por meio da instrumentalização da gestão para a elaboração dos Planos Estaduais de Saúde e para que os mesmos estejam em conformidade com os demais instrumentos do governo, como o Plano Plurianual (PPA), a Lei de Diretrizes Orçamentarias Anual (LDO), de forma que contemplem as necessidades de saúde regionais.”

A Superintendente de Gestão e Acompanhamento Estratégico da SES, Luiza Regina Dias Noleto explica que essa primeira fase do projeto serão discutidos a pactuação do trabalho, plano de comunicação, analise situacional, identificação de macroproblemas e diretrizes estratégicas. “Nós temos toda uma gama de insumos e informações que precisam ser tratados e traduzidos em propostas concretas de ações e isso se dá por meio do planejamento. É uma tarefa que não é simples, ela envolve o pensar, o discutir e o fazer.”

Ela relata também a importância da adesão ao Projeto através do secretário Renato Jayme. “Porque traz um profissional com larga experiência em gestão e planejamento em saúde para vir aqui e trazer facilidades por meio da ampliação do conhecimento, que é o papel da nossa facilitadora.”

Fonte: SES/TO

<-Voltar