Saúde orienta população para a prevenção e diagnóstico da malária

A Malária trata-se de uma doença infecciosa, causada pelo protozoário transmitido pela picada da fêmea do mosquito anofelino – Foto: Divulgação Saúde

A malária tem tratamento e tem cura, o diagnóstico é feito nas Unidades Básicas de Saúde.

Atualmente o Tocantins possui 13 casos notificados, sendo 12 importados de outros estados da Região Amazônica é um caso proveniente da Guiana Francesa. “A malária tem tratamento e tem cura, mas é preciso que seja feito o diagnóstico nas Unidades Básicas de Saúde, para ser realizado o tratamento completo, evitando complicações e até óbitos”, ressalta o assessor técnico do Programa Estadual da Malária e Tracoma, Marco Aurélio Oliveira Martins.

A Malária trata-se de uma doença infecciosa, causada pelo protozoário transmitido pela picada da fêmea do mosquito anofelino. Os principais sintomas são: febre, dor de cabeça ou no corpo, calafrios, muito suor e náuseas.

A prevenção é feita com o uso de repelentes, mosquiteiros, roupas que protejam braços e pernas e telas nas portas e janelas.

A Saúde também orienta os profissionais que atuam nas Unidades Básicas para que perguntem aos pacientes se residem ou se deslocaram para uma área de transmissão da malária, no período de oito a 30 dias, anterior à data dos sintomas.

Webinário

Evento organizado pelo Ministério da Saúde, com o tema “Perspectivas para e eliminação da malária do Brasil”, será transmitido para todo o país, nesta quinta-feira, 04, às 15h.

Link acesso: webinar.aids.gov.br

O diagnóstico e o tratamento da malária são feitos gratuitamente pelo SUS. – Divulgação Saúde

Divulgação Saúde –

Divulgação Saúde 

Por Gabriela Almeida – Governo do Tocantins

Edição: Dock Jr.

<-Voltar