Segurança do paciente em pauta no CONASS

Mais de 30 técnicos de diversos estados brasileiros participaram nesta segunda e terça-feira (06 e 07), na sede do CONASS, em Brasília, da reunião da Câmara Técnica de Qualidade no Cuidado e Segurança do Paciente (CTQCSP), com participação do Ministério da Saúde e do Hospital Moinhos de Vento, do Rio Grande do Sul.

O secretário executivo do Conass, Jurandi Frutuoso, deu as boas vindas aos participantes abordando a necessidade do fortalecimento da gestão estadual do SUS que, segundo ele, está fortemente ameaçado pela égide da Emenda Constitucional n. 95, que congela os gastos da saúde por 20 anos. Frutuoso destacou que questões como o envelhecimento e crescimento da população, o avanço tecnológico e a inflação da saúde são cruciais para um sistema de saúde e que o SUS pode perder bilhões de reais com a EC n. 95.

Frutuoso também falou aos representantes das Secretarias Estaduais de Saúde da importância do seu papel no fortalecimento do SUS, destacando que tudo o que é decidido pelos gestores estaduais e posteriormente pela Comissão Intergestores Tripartite (CIT) passa antes pelas Câmaras Técnicas do Conass. “Por isso é fundamental levar aos gestores, colegas e pares o que discutimos aqui”, destacou. E acrescentou que, para que se sustente e se fortaleça, a base da Segurança do Paciente será a Atenção Primária a Saúde.

A representante do Ministério da Saúde, Luciana Yume, falou da importância da parceria entre os entes, que promove a troca de experiências e cuidado mútuo fazendo valer o tempo e a energia dedicados para a construção de coisas em comum. “Isso tem dado muito certo e já vemos resultados no amadurecimento dessa relação com o Conass, que já participa do Comitê de Implantação de Segurança do Paciente”. Ela se refere à criação e ao trabalho da Câmara Técnica de Qualidade no Cuidado e Segurança do Paciente, que visa contribuir com a temática, influenciar e capacitar os gestores e profissionais envolvidos buscando sua evolução nos estados e no SUS (curso de capacitação e sensibilização dos gestores é um investimento de ambas as partes).

A líder do Projeto Paciente Seguro (Proadi), do Hospital Moinhos de Vento, no RS, Elenara Ribas, participou da reunião e falou sobre o que gestores e gerentes podem fazer pela Segurança do Paciente (SP).

Para a coordenadora da CTQCSP, Carla Ulhôa, os dois dias de encontro foram bastantes produtivos e participativos, onde os técnicos das SES apresentaram a situação da Segurança do Paciente nos estados e construíram uma proposta de atividades para a elaboração de um plano estadual. “Nessa proposta priorizamos a aproximação e envolvimento das áreas necessárias para a Segurança do Paciente, além disso cada estado vai mapear as parcerias com projetos e organizações referentes ao tema e vamos criar um questionário para aplicar nas secretarias para analisarmos o que está sendo feito em cada estado. Também vamos propor a inclusão de ações da segurança do paciente no planejamento estratégico das SES, no Plano da Educação Permanente e vamos pedir pauta nos Conselho Estaduais de Saúde para divulgarmos essa questão”, explicou.

Na reunião também foram apresentadas a proposta do Ministério da Saúde de um curso à distância voltado para a gestão e uma proposta de trabalho de divulgação da campanha Abril pela Segurança do Paciente.

As fotos do encontro estão disponíveis em: https://www.flickr.com/photos/conass/albums/72157688559044750

— 

Assessoria de Comunicação do CONASS

ascom@conass.org.br

(61) 3222-3000

<-Voltar