Sergipe – Boletim informativo e-Trransitar 2º Quadrimestre de 2021

Os acidentes e as violências correspondem às causas externas de morbidade e mortalidade, representadas no capítulo XX da Classificação Internacional de Doenças – CID-10. Os acidentes são considerados eventos passíveis de prevenção e englobam as quedas, o envenenamento, o afogamento, as queimaduras, o acidente de trânsito, entre outros (Ministério da Saúde, 2016).

Este Boletim informativo tem como objetivo apresentar as ações desenvolvidas através do PVT- Sergipe referentes ao 2º quadrimestre (maio a agosto/2021), no tocante ao trabalho dos profissionais das áreas de saúde, trânsito, segurança pública e demais instituições,ações essas, que devem ser realizadas de forma intrasetorial e intersetorial, qualificando as informações, definindo a exposição dos envolvidos, as causas e as consequências, o ônus pessoal e socioeconômico dos acidentes e as intervenções necessárias.

  • Participação da coordenadora da SES no Curso de Tabwin para aperfeiçoamento da utilização dos bancos de dados, esse curso foi realizado dia dia 13 de Julho de 2021 na Universidade Tiradentes;
  • No dia 21 de Abril de 2021 ocorreu uma reunião na sede da Secretaria de Estado da Saúde, com o representante do SAMU, Kelson, coordenador do Núcleo de educação permanente – NEP, para alinhar as ações educativas em alusão ao Maio Amarelo.
  • Realização de web reunião no dia 31/08/2021 ás 9hrs com o PVT– Aracaju para planejar ações intersetoriais em alusão a Semana Nacional do Trânsito, estavam presentes na reunião: Representante da Universidade Federal de Sergipe, dois representantes da SMTT – Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito, NUPEVA- Aracaju e o Conselho Municipal de Saúde.
  • Divulgação de vídeo educativo disponibilizado pela SMTT, para gestores das Secretarias Municipais de Saúde com foco nas escolas com público alvo crianças e adolescentes. (Município que aderiu foi Itabaiana).
  • No dia 28 de Abril de 2021 houve uma web reunião com gestores Municipais da saúde e dos órgãos de trânsito, para alinhar entrega de material (camisas e cartazes) e ações realizadas durante o mês de Maio, com os parceiros das Secretarias Municipais de Saúde e SMTT – Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito.
  • Divulgação do Maio Amarelo e realização de Blitz educativas e passeatas nos respectivos municípios (Aracaju, Lagarto, Estância, Propriá, Noss Senhora da Glória, Umbauba, Macambira, Itabaiana, Ribeiropólis, Nossa Senhora do Socorro, Nossa Senhora de Lourdes).

Ações de Vigilância e Prevenção aos acidentes de transporte terrestre

  • No dia 03 de Maio de 2021 ocorreu a Abertura do Maio amarelo com Blitz educativa: Respeito e responsabilidade: Pratique no Trânsito, em parceria com o DETRAN, SMTT Aracaju, SMS Aracaju.
  • No dia 12 de Maio ocorreu a Blitz educativa em parceria com o SAMU – Serviço de Atendimento Móvel de Urgência no semáforo da Avenida Augusto Franco/ Ponto Novo em Aracaju.

  • Divulgação da Campanha do Maio Amarelo em Sergipe e Blitz educativa nas principais ruas de Lagarto. Que ocorreu dia 13 de Maio de 2021.

  • Divulgação e sensibilização da Campanha do Maio Amarelo nos postos de Saúde de São Cristovão, que ocorreu dia 05 de Maio de 2021.
  • Blitz educativa da Saúde em parceria com a SMTT do Município de Nossa Senhora do Socorro na blitz foram abordadas orientações aos condutores sobre a importância da responsabilidade no Trânsito e sobre os cuidados referentes ao COVID 19, que foi realizada dia 04 de Maio de 2021.
  • Caminhada realizada pelo Município de Nossa Senhora de Lourdes que teve como objetivo chamar atenção da população sobre os números alarmantes de mortos e sequelados por acidentes de trânsito e conscientizar a população de como a responsabilidade no trânsito pode impactar positivamente na redução desses índices, ação ocorreu dia 31 de Maio de 2021.
  • Encerramento do Maio Amarelo 2021 com web palestra como o tema “Aspectos  Legais da Educação para o Trânsito”.

Recomendações da Saúde:

  • Intervenções focadas nos fatores de risco de ordem comportamental ou grupo de vítimas prioritários: Álcool e Direção, Velocidade Excessiva ou inadequada ou outros fatores de risco ou grupo de vítimas prioritários definidos á nível local: Motociclistas, pedestres, ciclistas e Condutores de automóvel;
  • Aperfeiçoamento do sistema de informações para subsidiar as políticas públicas e ações de promoção e prevenção;
  • Identificar e monitorar os grupos mais vulneráveis e expostos a riscos de acidentes de transporte;
  • Capacitar os profissionais quanto ao monitoramento das vítimas por acidentes de transporte, bem como para o cuidado integral à saúde destes;
  • Elaborar campanhas publicitárias voltadas para a conscientização da população sobre os acidentes de transporte como um importante problema de saúde pública no país.
  • Desenvolver ações de intervenção baseadas nas evidências obtidas após análise de dados e informações, por meio de planejamentointegrado e intersetorial, com projetos de intervenção focados a partir dos fatores de risco prioritários de ocorrência dos acidentes de trânsito, nos grupos de vítimas e nos pontos críticos de ocorrência desses acidentes.

Diretor de Vigilância em Saúde

Marco Aurélio de Oliveira Góes

Elaboração

Referência Técnica de vigilância e prevenção de violências e acidentes

Karla Danielly Anacleto

Fonte: SES/SE

<-Voltar