SES e Conass alinham projetos de fortalecimento institucional

O secretário de Estado da Saúde, Valberto Oliveira, e sua equipe de gestores, se reuniram nesta sexta-feira, 15, no auditório da Fundação Estadual de Saúde (Funesa), com o secretário-executivo do Conselho Nacional de Secretários de Estados da Saúde (Conass), Jurandi Frutuoso, e assessores. Na pauta, o Projeto de Organização da Atenção Ambulatorial Especializada em Rede com a Atenção Primária à Saúde.

“Neste ano de 2019 vamos dar um novo impulso à gestão da saúde público no Estado com o fortalecimento institucional, visando melhorar o desempenho das áreas estratégicas da secretaria. Estamos buscando novas espertizes para dar maior qualidade à assistência”, disse Valberto de Oliveira, salientando que para isso a SES está recebendo o apoio técnico do Conass.

O secretário-executivo do Conass, Jurandir Frutuoso, destacou o papel do conselho enquanto instituição que agrega o coletivo dos secretários de Estado da Saúde e sua missão de lutar pelo fortalecimento dos Estados e do Sistema Único de Saúde (SUS) e enfatizou as propostas do Conass para o quadriênio 2019-2022 em relação aos projetos do Programa de Apoio ao Desenvolvimento Institucional do SUS (Proadi). “São projetos que nasceram das discussões com os Estados em oficinas ou câmaras técnicas, financiados com dinheiro de renúncia fiscal, ou seja, do contribuinte e com execução por hospitais de excelência”, ressaltou Jurandir.

Ainda de acordo com ele, há um acordo com os hospitais de excelência Abert Einstein, Sírio Libanês, HCor, Alemão Osvaldo Cruz e Luz e Vento para que estas instituições compartilhem com o SUS expertises que têm na área da gestão, executando nos Estados projetos nas áreas indicadas pelo Conass. O Estado de Sergipe fez adesão a quatro projetos do Proadi no final do ano passado, durante assembleia do Conass. A partir de abril e durante este ano, começam a ser executados.

Segundo o diretor de Atenção Integral à Saúde, o foco da reunião desta sexta-feira foi o de apresentar a todas as áreas da Secretaria de Estado da Saúde os projetos selecionados. “Nosso objetivo é o de apresentar os projetos para todas as referências da SES e fazer os ajustamentos que forem necessários, considerando que em abril já daremos início à execução e um deles, o do planejamento estratégico”, reforçou.

A assessora da Secretaria Executiva do Conass, Tereza Cristina Lins Amaral, apresentou as áreas e os projetos aos quais a SES aderiu. Em Planejamento e Gestão serão trabalhados projetos de reestruração gerencial, contratualização de serviços hospitalares e aprimoramento da gestão da segurança do paciente no plano estadual de saúde. Na área de Regionalização e Organização da Rede de Atenção à Saúde os projetos estão voltados para a planificação da atenção à saúde, o planejamento regional nas macroregiões de saúde e a organização de consórcios, bem como a organização da tenção à saúde da pessoa idosa.

Em Gestão do Trabalho e da Educação em Saúde os projetos abordarão o fortalecimento da gestão da educação na saúde, o desenvolvimento institucional e fortalecimento da capacidade gestora das equipes de gestão de trabalho, bem como o fortalecimento e ampliação das escolas estaduais de saúde pública. Na área da Vigilância e Promoção da Saúde foi proposto um projeto para o enfretamento da morbimortalidade por acidente de trânsito e ações de controle e atenção às endemias.

Texto: Ascom SES/SE

Fotos: Flávia Pacheco ASCOM SES

<-Voltar