SES e Conass realizam oficina para reestruturação da rede hospitalar de gestão estadual

A Secretaria de Estado da Saúde, em parceria com o Conselho Nacional dos Secretários de Saúde – CONASS, promoveu nesta quinta-feira (12) uma oficina sobre contratualização dos serviços hospitalares. A iniciativa visa desenvolver competências para requalificação de contratos para a rede hospitalar em todo o Brasil envolvendo temas como a legislação, regionalização e, por fim, realizar um diagnóstico preciso sobre a capacidade da rede de serviços de saúde de gestão estadual.

De acordo com a Consultora do CONASS, Elisabete Dutra, o Estado apresenta um quadro atípico, onde os serviços prestados ao SUS são realizados através de rede própria, boa parte sem o apoio de entidades privadas, com ou sem fins lucrativos. “O Estado propriamente dito não tem a caracterização de ter prestador privado, mas tem uma caracterização de ter vários prestadores próprios que estão em início de um planejamento organizacional da rede hospitalar”, pontua a consultora.

Para a Secretária Executiva de Saúde, Renata Nóbrega, esta reformulação é uma condição urgente e prioritária para melhorar o fluxo da rede hospitalar e o investimento de recursos. “Nós precisamos fazer contratos com os nossos serviços próprios para ter um controle maior sobre os indicadores e necessidades para redirecionar o planejamento da saúde do Estado”, explica a secretária. Desde a criação da secretaria executiva de gestão de redes de serviços de saúde, em 2019, a SES vem buscando ferramentas para qualificar o acesso aos serviços de saúde, buscando tornar os hospitais mais resolutivos nos seus atendimentos à população.

Além das medidas de ajuste da atual gestão para melhorar os indicadores da saúde no Estado, a Paraíba atravessa um momento propício para a requalificação do fluxo hospitalar, por ser um dos poucos estados no Brasil que está em equilíbrio fiscal. “A Paraíba não vive crise financeira como os outros estados e isto é um grande diferencial para organizar tudo e fazer o planejamento”, ratifica Elisabete Dutra.

A gerente de regulação da Secretaria de Saúde, Carolina Lucena, afirmou que o momento para receber a equipe do Conass e realizar a oficina é bastante oportuno, visto que “estamos concluindo o Plano Estadual de Saúde e muitas das orientações estão convergindo com o que já vem sendo pensado para a reestruturação de toda a rede SUS no Estado da Paraíba e será muito utilizada pela regulação estadual e rede hospitalar”.

Assessoria de Comunicação
Secretaria de Estado da Saúde

<-Voltar