Bahia – PPP prevê aumento na capacidade de realização de exames de diagnóstico por imagem

Mais agilidade e aumento da capacidade para a realização de exames de diagnóstico por imagem, para os pacientes de unidades públicas do Estado, é o que esta previsto no projeto de Parceria Público Privada (PPP) Diagnóstico por Imagem, que está sendo desenvolvido pela Secretaria da Saúde do Estado (Sesab). O projeto foi apresentado na quarta-feira (5), em uma audiência pública que aconteceu na Fundação Luís Eduardo Magalhães, em Salvador.

No evento, o secretário da Saúde do Estado, Jorge Solla, fez a exposição da modelagem de concessão administrativa para a gestão e operação de Serviços de Apoio ao Diagnóstico por Imagem em unidades da rede própria de saúde do Estado da Bahia.

O projeto prevê a prestação dos serviços em uma Central de Imagem, a ser construída pelo parceiro privado, e em doze unidades hospitalares integrantes da rede própria da Sesab. Esta iniciativa, pioneira no país, proporcionará o provimento dos serviços de telemedicina, diagnóstico e bioimagem. Dentre os exames que serão disponibilizados estarão Radiologia Convencional; Mamografia; Tomografia Computadorizada Ressonância Magnética, Densitometria Óssea e PET/CT.

Esse é o terceiro projeto de PPP na área da saúde ma Bahia. O primeiro foi para a construção e operação do Hospital do Subúrbio. Este projeto já foi premiado por três vezes, uma deles tendo sido eleito como um dos projetos urbanos mais inovadores do mundo conforme relatório de 2012 elaborado pela empresa de Auditoria e Consultoria KPMG (International do Infrastructure 100: World Cities Edition). O segundo é a do Instituto Couto Maia para a construção e operação dos serviços não clínicos da nova unidade hospitalar, referência para doenças infecto contagiosas.

“Cada uma das PPPs tem uma modelagem diferente, pois cada uma delas atende a uma demanda diferente”, afirmou Jorge Solla. “A capacidade de diagnóstico por imagem precisa ser ampliada e também necessitamos incorporar novas tecnologias, o que com essa PPP será possível”, completou o Secretário da Saúde

O secretário executivo dos projetos de PPP no Estado, Rogério Princhak, falou da eficiência e da previsibilidade de gastos com as PPPs. “Com esse modelo, o gestor pode fazer um melhor planejamento de gastos, o que representa um ganho para a administração pública”, afirmou Rogério Princhak, que na oportunidade também representou o secretário da Fazenda do Estado, Luiz Alberto Bastos Petitinga

Está aberta também uma consulta pública até o dia 20 de junho. A documentação do projeto está disponível no site da PPP (www.saude.ba.gov.br/ppp/imagem) ou na sede da Sesab, no Centro Administrativo da Bahia, em Salvador (mediante pagamento de taxa de impressão).

<-Voltar