Campanha de Prevenção à Aids no Carnaval alerta para uso de preservativos

O uso de preservativos nas relações sexuais ainda é a medida preventiva mais eficaz contra a transmissão do vírus HIV, agente causador da Aids. A Secretaria de Estado da Saúde de Goiás, por meio da Superintendência de Políticas de Atenção Integral à Saúde/Gerência de Programas Especiais/Coordenação Estadual de DST/Aids, promove a Campanha de Carnaval 2013, com o tema “Camisinha – Use sempre que o clima esquentar”.  O alerta tem como alvo a população geral (de 15 a 49 anos), sexualmente ativa.

A abertura oficial da Campanha será realizada no Posto da Polícia Rodoviária Federal, que fica no trecho entre Aparecida de Goiânia e Hidrolândia, no dia 08 de fevereiro, às 08h30. Após a fala das autoridades, serão entregues kits com informações de prevenção às DST/Aids e preservativos para os motoristas que estiverem trafegando no local. Para atender a demanda do Estado de Goiás, serão disponibilizados 1 milhão de flyers, 3 mil cartazes, 2 mil camisetas e 1 milhão de preservativos masculinos. A distribuição será feita pelas Regionais de Saúde, contemplando os 246 municípios goianos.                   

O objetivo é reforçar que o uso de preservativos deve ser sempre um hábito, possível de ser seguido e que pode até melhorar a relação, desconstruindo o imaginário popular de que fazer sexo sem camisinha é melhor. Uma boa parte da população jovem já usa a camisinha como hábito. O desafio é fazer com que mais pessoas adotem a mesma prática, mesmo quando a relação fica estável, além de alertar os jovens de que a Aids ainda não tem cura.

Participam como parceiros da SES-GO na campanha, além da Polícia Rodoviária Federal (PRF-GO), a Secretaria Municipal de Saúde de Goiânia, Secretaria Municipal de Saúde de Aparecida de Goiânia, Serviço de Atendimento Móvel de Urgência-SAMU e Associação dos Servidores do SAMU de Goiás.
Comunicação nas redes sociais – A SES-GO juntamente com a agência de publicidade Casa Brasil Comunicação lançam para a campanha publicitária de Carnaval o aplicativo “Mala Pronta”, especialmente desenvolvido para usuários do Facebook. Segundo a chefe da Comunicação Setorial da SES, Flávia Lelis, a ferramenta pretende ao mesmo tempo informar e entreter. Os ‘facebookers’ poderão compartilhar com seus amigos o destino escolhido para o feriado prolongado, além de poder convidar e marcar pessoas que desejar.
Aids em Goiás

O primeiro caso de Aids no  estado de Goiás foi diagnosticado em 1984,  em um indivíduo do sexo  masculino, residente no município de Goiânia. A partir deste ano até 30 de junho de 2012, o Estado registrou no  Sistema de Informação de Agravos de Notificação – SINAN, 11.253 casos de Aids em indivíduos residentes no  estado de Goiás, sendo 11.050 ( 98,2%) em adultos maiores de 13 anos de idade  e 203 (1,8%) em crianças  menores de 13 anos.  Quanto à distribuição dos casos segundo sexo, observou-se que 67,5% eram homens e 32,5% mulheres.

Segundo a Coordenação de DST/Aids da SES-GO, ao analisar a epidemia da Aids em adultos, observa-se que o maior registro de casos ocorreu em 2011,  com 749 casos e taxa de incidência de 12,3 casos para cada 100.000 habitantes . É nítido o acréscimo da taxa de incidência desde 2008 (10,2/100.000 habitantes) até 2011. No entanto, a epidemia tem mantido a tendência de estabilização, atribuindo-se  o acréscimo nas notificações a uma maior oportunidade de diagnóstico na rede de atenção.

Serviço
Evento: Lançamento da Campanha Prevenção à Aids Carnaval 2013
Data: 08 de fevereiro
Local: Posto da Polícia Rodoviária Federal (trecho entre Aparecida de Goiânia e Hidrolândia)

Programação:
08h30 – Abertura com presença de autoridades
09h – Distribuição de material educativo aos motoristas

SES/GO

<-Voltar