Encontro de Comunicação e Saúde promove debates entre profissionais e estudantes

Salvador (BA) será sede do 1º Encontro Nordeste Comunicação e Saúde, que acontecerá nos dias 12 a 14 de setembro, no Centro de Convenções da Bahia. O evento é realizado pelo Grupo Temático de Comunicação e Saúde da Associação Brasileira de Saúde Coletiva (ABRASCO), pelo Instituto de Saúde Coletiva (ISC/UFBA) e pelo Centro de Pesquisa Gonçalo Moniz da vinculada ao Ministério da Saúde, a Fundação Oswaldo Cruz na Bahia (FIOCRUZ/BA), contando ainda com o apoio da SESAB , da FACOM/UFBA, dentre outros parceiros. O encontro tem como foco principal mapear e disseminar inovações e empreender ações de Comunicação em Saúde na Região Nordeste.

Durante o congresso, serão realizados debates, mostra de vídeos, oficinas e cursos de Arte Educação e Saúde, possibilitando uma diversidade de experiências e de novos olhares sobre o tema. As inscrições podem ser realizadas pelo site http://necomsaude.wordpress.com/ ou presencial, na data de abertura do evento. O valor da inscrição dependerá da categoria: profissionais (R$ 100), sócio Abrasco (R$ 50) e estudante (R$ 20). Os participantes podem enviar trabalhos até o dia 30 de agosto, nas seguintes categorias : relato de experiência ou trabalho científico. Para a Mostra de Vídeos, a data de inscrição é até 24 de agosto. Participarão da seleção de vídeos aqueles que tenham como tema a saúde na Região Nordeste, produzidos a partir de 2007 e com duração de, no máximo, 40 minutos. As produções selecionadas serão exibidas durante o Encontro, na Mostra de Vídeo, Saúde e Cidadania.

O evento visa, sobretudo, a articulação das redes sociais temáticas, através de pessoas que atuam na área, potencializando discussões, problematizando práticas e alavancando a constituição de um grupo temático regional. Nessa perspectiva , será elaborada a Carta de Salvador – uma produção coletiva que abordará o estado da arte da temática na Região Nordeste, percursos necessários e possíveis, a qual será encaminhada à oficina dos GTComSaúde regionais, no Congresso da Abrasco (ABRASCÃO).

Fonte: Conasems

<-Voltar