Goiás lança programa que fortalece Atenção Primária, porta de entrada do SUS

O Mais Saúde para Goiás é uma parceria da Secretaria de Saúde, Ministério da Saúde e CONASS

Cinco macrorregiões de Goiás serão sede do lançamento do Mais Saúde para Goiás, programa de fortalecimento da Atenção Primária, na qual se resolve 85% dos problemas de saúde da população, o que representa prevenção de agravos e economia de recursos públicos. O programa já foi lançado, em setembro, em Formosa, no entorno do Distrito Federal – região que historicamente apresenta deficiência no atendimento à saúde -, e em Porangatu. Em outubro, será a vez de Rio Verde – macrorregião Sudoeste -, Catalão – macrorregião Centro Sudoeste – e Goiás Velho – macrorregião Centro Oeste.
A proposta do Conselho Nacional dos Secretários de Saúde (CONASS) foi abraçada pelo Governo do Estado e pretende instituir uma nova lógica para a organização da Atenção Primária à Saúde (APS), estreitando as relações entre o Estado e os municípios, fortalecendo as capacidades de assistência e de gestão, com vistas à implantação das Redes de Atenção à Saúde (RAS), na implementação do Sistema Único de Saúde (SUS).

A partir desse trabalho, a SES pretende oferecer a cada um dos municípios que participarem do programa, uma estrutura básica, com laboratórios, aparelho de ultrassonografia e Raios-X, conforme as necessidades que forem detectadas e as capacitações aplicadas. O objetivo é fortalecer a Política de Atenção Primária à Saúde (APS), implementando ações de educação permanente e serviços para a promoção do cuidado da população em todo seu ciclo de vida.

“Até 2018, queremos alcançar uma Atenção Primária à Saúde organizada em todos os municípios, atuando como porta de entrada, com resolutividade e responsabilidade pelos cuidados dos cidadãos”, destaca o secretário de Estado da Saúde de Goiás, Leonardo Moura Vilela.

Oficinas

O Mais Saúde para Goiás realizará oficinas que capacitarão os profissionais envolvidos para a realização do processo de qualificação da Atenção Primária em seus municípios. Por se tratar de um projeto de impacto, o projeto será implantado de forma gradativa, contemplando todas as macrorregiões de saúde.
Os encontros acontecerão nas cinco macrorregiões de saúde. A expectativa é a capacitação técnica para todos 16 mil profissionais da atenção primária no Estado, como médicos, odontólogos, enfermeiros, auxiliares e administrativos. A estratégia é realizar as oficinas de forma descentralizada, mais próximas aos municípios, para obter maior participação de gestores e profissionais de Saúde. Todo o trabalho é coordenado pelo CONASS.

Fonte e Foto: Comunicação Setorial / Secretaria da Saúde do Estado de Goiás
Fone: (62) 3201-3784 / 3201-3816 / 3201-3811

<-Voltar