Hospital Estadual da Criança realiza primeiro transplante de rim

Programa Estadual de Transplantes captou órgão e o encaminhou à unidade de Vila Valqueire para transplante em paciente de 11 anos

SES/RJ

O Hospital Estadual da Criança, em Vila Valqueire, realizou hoje a primeira cirurgia de transplante renal infantil. O menino A.L.R.O., de 11 anos, recebeu o órgão de um doador falecido de cinco anos e passa bem. Portador de glomerulonefrite, A.L.R.O. fazia diálise há dois anos e aguardava na fila por um doador compatível.

– O mais importante é que hoje o Rio de Janeiro tem uma unidade apta para realizar esse tipo de transplante e não é mais necessária a transferência desses pacientes para outros estados. Não existe a possibilidade dos órgãos serem desperdiçados – explicou o responsável pelo procedimento, o cirurgião José Maria Figueiró, renomado especialista internacional de transplante de rim e pâncreas que agora integra as equipes do Hospital Estadual da Criança e do Centro Estadual de Transplantes.

Inaugurado em 4 de março de 2013 e habilitado pelo Sistema Nacional de Transplantes para realizar transplante pediátrico de rim, fígado e músculo esquelético desde 28 de março de 2013, o Hospital Estadual da Criança vem se firmando como referência em procedimentos de transplante entre crianças. Na última segunda-feira, dia 22 de abril, um segundo paciente realizou consulta na unidade para transplante renal intervivos e deve operar até a segunda quinzena de maio. Estes pacientes foram encaminhados pelo Hospital Federal de Bonsucesso.

Fígado – O primeiro transplante de fígado no Hospital Estadual da Criança foi realizado em 03 de abril. O menino Natan recebeu parte do órgão de seu pai, Ubiratan Tonaso, e já teve alta da unidade. No último dia 17, foi realizado o segundo transplante de fígado na unidade. A paciente Milena Flávia do Nascimento, de 2 anos e 4 meses, recebeu parte do fígado de sua mãe, Mirian Conceição do Nascimento, após uma espera de quase dois anos pelo procedimento. A cirurgia da menina, que tinha cirrose hepática por conta de uma atresia das vias biliares, foi um sucesso.

Gestão – Desde abril de 2012 a Secretaria de Estado de Saúde vem reorientando o modelo de gestão e atenção à saúde no Estado do Rio de Janeiro no intuito de melhorar a prestação dos serviços e a satisfação do usuário. A implementação dessa nova forma de administração tem como objetivos reduzir custo, melhorar a gestão e garantir um atendimento de qualidade à população. O Hospital Estadual da Criança foi viabilizado a partir de um contrato com a Rede D’Or São Luiz, que cedeu o prédio – onde antes funcionava o Hospital Rio de Janeiro – e passa a gerenciar o serviço público através da Organização Social Instituto D’Or de Gestão de Saúde Pública, fornecendo todos os recursos humanos e materiais necessários ao adequado funcionamento do hospital, dentro dos parâmetros e diretrizes estabelecidos pela Secretaria.

Assessoria de Comunicação
Secretaria de Estado de Saúde
ascom.SESRJ@gmail.com
(21) 2333-3717
Twitter: @SaudeGovRJ
www.saude.rj.gov.br

<-Voltar