Paraná – Congresso reúne secretários de saúde de todo o Paraná

De segunda (16) a quarta-feira (18), mais de 350 gestores de saúde estarão reunidos em Maringá para discutir o fortalecimento da atenção primária á saúde no Paraná. Esta é a 29ª edição do Congresso Estadual de Secretarias Municipais de Saúde, promovido pelo COSEMS-PR em parceria com o Governo do Estado.

O secretário estadual da Saúde, Michele Caputo Neto, afirma que o diálogo com os gestores municipais é a grande marca desta gestão e permite que o Estado identifique as áreas que mais precisam de investimentos. “Sabemos que a maior dificuldade dos municípios está na atenção primária. Por isso estamos investindo forte na construção e estruturação de unidades de saúde e capacitação dos profissionais, levando atendimento de qualidade para mais perto da população”, destacou.

Até 2014, o Estado vai liberar recursos para a construção, reforma ou ampliação de 400 unidades da saúde da família. Além disso, o governo estadual também mantém uma série de programas estratégicos que destinam incentivos de custeio e capital para investimentos nos municípios, como o ApSUS, VigiaSUS, ComSUS, HospSUS e Farmácia do Paraná.

Durante todo o congresso, a equipe da Secretaria Estadual de Saúde estará atendendo os gestores municipais em um estande próprio do governo estadual. O objetivo é apresentar os programas estratégicos e auxiliar os municípios a desenvolverem políticas públicas alinhadas ao plano estadual de saúde.

De acordo com o presidente do COSEMS-PR e secretário municipal de saúde de Maringá, Antônio Carlos Nardi, esta edição do evento bateu o recorde de inscrições e reúne representantes de 309 municípios paranaenses. “Este é um importante momento de troca de experiências em busca de um Sistema Único de Saúde melhor para todos. E quanto mais pessoas envolvidas nesse processo, mais avanços podemos conquistar”, disse.

A programação conta com oficinas temáticas e debates nas áreas de assistência, vigilância em saúde, medicamentos e gestão. O foco principal é a organização das redes de atenção à saúde, esclarecendo os papéis e responsabilidade de cada ente federativo.

A secretária municipal de saúde de Pontal do Paraná, Sandra Machado, explica que o congresso consegue aproximar gestores de diversas regiões e por isso contribui para o fortalecimento da rede pública de saúde em todo o Estado. “A área da saúde é muito complexa e sempre precisamos nos atualizar. As demandas dos municípios geralmente são parecidas e por isso também é importante compartilhar e conhecer experiências que estão dando certo”, disse.

O encerramento do congresso acontece na quarta-feira (18) com a conferência master sobre “Redes de Atenção à Saúde: Estado da Arte nas Três Esferas de Governo”. O debate terá a participação do secretário de Atenção à Saúde do Ministério da Saúde, Helvécio Miranda, e do diretor-geral da Secretaria Estadual da Saúde, René José Moreira dos Santos.

Também será redigida a Carta de Maringá, com a principais reivindicações dos secretários municipais de saúde. O documento será entregue aos representantes do governo estadual e federal.

Assessoria de Comunicação Social

Secretaria de Estado da Saúde do Paraná

<-Voltar