Piauí – HGV realiza primeiro mutirão de cirurgias ortopédicas de 2014

48 pacientes transferidos do Hospital de Urgência de Teresina (HUT)  passaram por procedimentos cirúrgicos no último sábado (4), em mais um mutirão realizado pelo Serviço de Ortopedia do Hospital Getúlio Vargas (HGV).  Do total geral de pessoas atendidas, 90% foram vítimas de acidentes de trânsito. O mutirão foi o primeiro de 2014.

Segundo o coordenador da Clínica Ortopédica do HGV e do mutirão, José Wilson Rodrigues, os mutirões representam um esforço concentrado no sentido de otimizar o volume de procedimentos cirúrgicos de trauma-ortopedia de alta complexidade e, assim, contribuir para a redução do grande número de pessoas que estão internadas no Hospital de Urgência de Teresina (HUT).

“As cirurgias ortopédicas estão entre as mais procuradas no Sistema Único de Saúde (SUS). Isso acontece, principalmente, devido aos graves traumas ocasionados pelos acidentes de trânsito, sobretudo, aqueles envolvendo motocicletas. Em muitos casos, o paciente é obrigado a passar por mais de um procedimento cirúrgico, devido à gravidade das fraturas”, explica o médico.

Para o técnico em manutenção de piscinas, Gonçalo Ferreira Lima, 33 anos de idade, que passou por nove dias internados no HUT, a ação trouxe um grande alívio. “Eu estava ansioso esperando pela cirurgia. Agora estou vendo essa angústia acabar”, ressaltou. Ele foi vítima de um acidente de motocicleta no dia de Natal, quando passava por uma lombada. No acidente, Gonçalo fraturou o fêmur da perna esquerda.

O atendimento a pacientes com traumas graves provenientes de acidentes de trânsito é, atualmente, um dos principais realizados pelo Serviço de Ortopedia do HGV.  O Hospital é o único da rede pública de saúde do Piauí que realiza cirurgias ortopédicas de alta complexidade.

Foto: Solinan Barbosa/HGV

Secretaria de Estado da Saúde do Piauí (Sesapi)
Assessoria de Comunicação
www.saude.pi.gov.br
(86) 3216-3610 / 8802-9604 / 8851-2074

<-Voltar