Região Norte de Saúde realiza encerramento da Planificação da Atenção à Saúde

Na manhã desta quinta-feira (08), a Secretaria de Estado da Saúde (Sesa) realizou a abertura do encerramento da Planificação da Atenção à Saúde na Região Norte. O evento, que segue até amanhã (09), acontece no auditório do Instituto Federal do Espírito Santo (Ifes), em Nova Venécia, onde também ocorre a I Mostra de Experiências da Rede Cuidar Norte.

O encerramento da Planificação da Atenção à Saúde contou com a presença do secretário de Estado da Saúde, Ricardo de Oliveira; da subsecretária de Estado da Saúde, Joanna de Jaegher; do consultor do Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass), Eugênio Vilaça, além dos gestores da Saúde, prefeitos, facilitadores e tutores da planificação, coordenadores e equipes da Estratégia Saúde da Família (ESF), Saúde Bucal (SB), Vigilância em Saúde (VIS), referências técnicas municipais e regionais, Consórcio Público da Região Norte do Espírito Santo (CIM Norte/ES), membros da Comissão Intergestores Regional Norte, representantes do Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass), Superintendência Regional de Saúde de São Mateus, Ministério Público do Espírito Santo, entre outros.

A Planificação da Atenção à Saúde tem como objetivo qualificar o corpo técnico e gerencial da Secretaria de Estado da Saúde (Sesa) e dos municípios, integrando a Atenção Primária à Saúde (APS)  com a Atenção Ambulatorial Especializada (AAE); construir e monitorar planos de ação que envolvam as equipes de APS  e da AAE, e apresentar os avanços alcançados, promovendo uma mudança estrutural dos processos de trabalho, gerando, assim, melhoria da qualidade da assistência ao paciente e racionalização dos gastos, integrando a atenção básica à Rede Cuidar.

Ao todo, 2 mil profissionais participaram do primeiro ciclo da planificação, em 2017, e cerca de 800 do segundo ciclo, neste ano, na Região Norte.

O secretário de Estado da Saúde, Ricardo de Oliveira, avaliou o resultado da planificação na região como muito positiva. Ele destacou que as mudanças realizadas na saúde do Espírito Santo são uma forma de reorganizar todo modelo de atenção do Sistema Único de Saúde (SUS), e que o foco dessa reorganização é a atenção primária.

“Sabemos que 80% dos problemas de saúde da população podem ser resolvidos na atenção primária. Então essa planificação da atenção à saúde tem foco de reorganizar a atenção primária e reorganizar a base do sistema. Se ela for resolutiva e funcionar, 80% dos problemas de saúde da população estão resolvidos. Estamos completando aqui um ciclo, no Estado inteiro, de planificação da atenção primária. Eu acho que essa é uma base importante para a gente dar os próximos passos”, disse o secretário.

Ainda de acordo com Oliveira, esse novo modelo de atendimento, que passa pela Rede Cuidar, veio para ficar, e frisou que os usuários do sistema estão muito satisfeitos com essa forma de atendimento.

“Os usuários que passam pela Rede Cuidar estão muito satisfeitos com a qualidade dos serviços prestados ali. Então não vejo motivo para haver descontinuidade. Aliás, nós pensamos nisso o tempo todo, de fazer uma construção coletiva, participativa, de forma a dar sustentabilidade ao projeto ao longo dos anos”, frisou.

Segundo o consultor do Conass, Eugênio Vilaça, não foi fácil colocar esse modelo de atendimento na saúde para funcionar. No entanto, ele destacou que em dois anos os resultados positivos já são visíveis.

“Ontem (quarta-feira) visitei a unidade da Rede Cuidar e vi uma demanda muito grande. Isso significa que as pessoas que tinham de ir a Vitória, em uma viagem de quatro a cinco horas, agora são atendidas aqui mesmo, de uma forma inteiramente nova. Aqui elas não vêm apenas fazer uma consulta de 15 minutos e sair com a prescrição. Elas passam por uma equipe de profissionais de saúde, se necessário realizam o exame no próprio local, e já saem com o atendimento completo, com o plano de cuidados em mãos”, disse.

O coordenador geral do Ministério da Saúde no Espírito Santo, Bartolomeu Lima, disse que acompanhou o processo de planificação em todo Estado, mas ressaltou que a Região Norte, neste ano, foi uma grande experiência.

“A Região Norte este ano foi o centro de atenção, onde tivemos problemas epidemiológicos, onde nós necessitamos de uma assistência regulada, com contatos entre todos os secretários, e o Ministério da Saúde esteve atuante e presente. O trabalho da Sesa na planificação, neste ano de 2018, surgiu como um marco histórico, onde a Sesa faz história, onde o SUS no Espírito Santo entra com uma nova história, uma grande importância para o Ministério da Saúde e para todo o SUS.”

Já a superintendente da Região Norte de Saúde, Gilcilene Pretta Cani, classificou o processo de planificação na Região Norte como sendo potente e estratégico para organizar processos de trabalho.

“Foi um processo que mobilizou de forma geral a Superintendência Regional da Secretaria de Estado da Saúde e os 14 municípios, seus prefeitos, secretários municipais de Saúde e suas equipes da Atenção Primária à Saúde. Vários profissionais se colocaram voluntariamente para serem facilitadores do processo”, disse.

Além disso, Gilcilene Pretta Cani destacou que o processo de tutoria nas unidades de saúde laboratório conseguiram, juntos com os municípios, rever e organizar todos os microprocessos de trabalho, o que resultou em maior eficiência e qualidade, com resultados positivos para os profissionais da saúde e para os usuários do Sistema ÚA Região Norte de Saúde engloba os municípios de Água Doce do Norte, Barra de São Francisco, Boa Esperança, Conceição da Barra, Ecoporanga, Jaguaré, Montanha, Mucurici, Nova Venécia, Pedro Canário, Pinheiros, Ponto Belo, São Mateus e Vila Pavão.

 

Programação

09/11 (sexta-feira)

8h: Acolhimento

8h30 às 9h: Momento Cultural

9h às 11h30: I Mostra de Experiência da Rede Cuidar da Região Norte/ES – Apresentação dos Municípios

11h30 às 11h45: Premiação da Mostra – Superintendência Regional de Saúde – Gilcilene Pretta Cani

11h45 às 12h: Encerramento

 

Serviço

III Seminário Final da Planificação da Atenção à Saúde da Região Norte e I Mostra de Experiências da Rede Cuidar

Data: 09 de novembro de 2018

Local: Instituto Federal do Espírito Santo (Ifes) – Rodovia Miguel Curry Carneiro, 799, Santa Luzia, Nova Venécia.

 

Veja as Fotos de Fred Loureiro/Secom-ES

 

Assessoria de Comunicação da Secretaria de Estado da Saúde

E-mail: asscom@saude.es.gov.br

Tels.: (27) 3347-5642/3347-5643

<-Voltar