Rio de Janeiro – Hospital de Campanha em Iguaba Grande realiza mais de mil atendimentos em uma semana

Com 900 m², a unidade ficará montada no município até setembro, período em que o posto da prefeitura passa por obras

Em apenas uma semana em Iguaba Grande, o Hospital de Campanha da Secretaria de Estado de Saúde realizou 1.218 atendimentos, sendo 198, na última quarta-feira (12).  A unidade está instalada na praça nova do município, na Rua Chalé, bairro da Estação, até o fim de setembro, período em que o posto municipal da Rua Profeta Elias, no mesmo bairro, passará por reformas.  No primeiro semestre desse ano, o Hospital de Campanha já atendeu 25.453. Desde 2009, quando foi implantado, já atendeu cerca de 100 mil pessoas e esteve em 26 locais diferentes.

Com 900 m² e capacidade para atender 300 pacientes por dia, o Hospital de Campanha montado em Iguaba Grande conta com três leitos de terapia intensiva, além de oito leitos de observação para adultos e quatro para crianças, três consultórios, uma sala de classificação de risco e equipamento de Raios-X. O atendimento, gerido pela prefeitura do município, será realizado por um pediatra, um intensivista e três clínicos gerais por dia. A unidade atende casos urgência e emergência de baixa e média complexidades.

– Passei minha infância em Iguabinha e tenho carinho especial pela cidade. Fico muito feliz em poder ajudar a saúde da cidade com o Hospital de Campanha, uma estrutura com ar condicionado, conforto para os profissionais trabalharem. Ninguém gosta de precisar de uma unidade de saúde, mas quando a população precisar, vai contar com espaço adequado. Mas o melhor é que depois do Hospital de Campanha a cidade vai ganhar um pronto-socorro de qualidade para atender o povo de Iguaba. Falei com o governador Sérgio Cabral que vinha a Iguaba e ele autorizou doarmos todos os equipamentos necessários para o novo pronto-socorro da cidade – adiantou o secretário Sérgio Côrtes.

Ajuda a Niterói – Neste ano, o Hospital de Campanha passou por Niterói, onde ficou por 144 dias. No período, a unidade realizou 24.443 atendimentos, média de 169 pessoas por dia. A unidade foi instalada no estacionamento do Hospital Municipal Getúlio Vargas Filho, o Getulinho, para ajudar no atendimento aos pacientes pediátricos do Pronto Socorro do município, enquanto a unidade passava por obras.

Durante o tempo em que esteve à frente do Hospital de Campanha em Niterói, a equipe da Força Estadual de Saúde atuou com cinco pediatras, três enfermeiros, um farmacêutico, seis técnicos de enfermagem por turno de 12h, além de maqueiros, técnicos de raios-X, fisioterapeutas e profissionais administrativos. O Governo do Estado investiu nesta operação R$ 585.000 em equipamentos e R$ 529.408,68 mensais em recursos humanos.

O Hospital de Campanha tem o objetivo de auxiliar em grandes tragédias como a chuva que assolou a Região Serrana no início de 2011 e o desabamento do Morro do Bumba, em Niterói. Importado dos Estados Unidos e utilizado em missões de paz, o modelo de estrutura de Hospital de Campanha foi adaptado e modernizado pela Secretaria de Estado de Saúde. A ajuda já ultrapassou as fronteiras do estado e a unidade já foi até Alagoas, para auxiliar no atendimento médico do município de Santana do Mandaú, após a enchente de 2010.

Assessoria de Comunicação
Secretaria de Estado de Saúde
ascom.SESRJ@gmail.com
(21) 2333-3717 / 2333-4029
Twitter: @SaudeGovRJ
www.saude.rj.gov.br
Foto: Internet

Hospital de Campanha em Iguaba Grande realiza mais de mil atendimentos em uma semana

 

 

Com 900 m², a unidade ficará montada no município até setembro, período em que o posto da prefeitura passa por obras

 

Em apenas uma semana em Iguaba Grande, o Hospital de Campanha da Secretaria de Estado de Saúde realizou 1.218 atendimentos, sendo 198, na última quarta-feira (12).  A unidade está instalada na praça nova do município, na Rua Chalé, bairro da Estação, até o fim de setembro, período em que o posto municipal da Rua Profeta Elias, no mesmo bairro, passará por reformas.  No primeiro semestre desse ano, o Hospital de Campanha já atendeu 25.453. Desde 2009, quando foi implantado, já atendeu cerca de 100 mil pessoas e esteve em 26 locais diferentes.

 

Com 900 m² e capacidade para atender 300 pacientes por dia, o Hospital de Campanha montado em Iguaba Grande conta com três leitos de terapia intensiva, além de oito leitos de observação para adultos e quatro para crianças, três consultórios, uma sala de classificação de risco e equipamento de Raios-X. O atendimento, gerido pela prefeitura do município, será realizado por um pediatra, um intensivista e três clínicos gerais por dia. A unidade atende casos urgência e emergência de baixa e média complexidades.

 

– Passei minha infância em Iguabinha e tenho carinho especial pela cidade. Fico muito feliz em poder ajudar a saúde da cidade com o Hospital de Campanha, uma estrutura com ar condicionado, conforto para os profissionais trabalharem. Ninguém gosta de precisar de uma unidade de saúde, mas quando a população precisar, vai contar com espaço adequado. Mas o melhor é que depois do Hospital de Campanha a cidade vai ganhar um pronto-socorro de qualidade para atender o povo de Iguaba. Falei com o governador Sérgio Cabral que vinha a Iguaba e ele autorizou doarmos todos os equipamentos necessários para o novo pronto-socorro da cidade – adiantou o secretário Sérgio Côrtes.

 

Ajuda a Niterói – Neste ano, o Hospital de Campanha passou por Niterói, onde ficou por 144 dias. No período, a unidade realizou 24.443 atendimentos, média de 169 pessoas por dia. A unidade foi instalada no estacionamento do Hospital Municipal Getúlio Vargas Filho, o Getulinho, para ajudar no atendimento aos pacientes pediátricos do Pronto Socorro do município, enquanto a unidade passava por obras.

 

Durante o tempo em que esteve à frente do Hospital de Campanha em Niterói, a equipe da Força Estadual de Saúde atuou com cinco pediatras, três enfermeiros, um farmacêutico, seis técnicos de enfermagem por turno de 12h, além de maqueiros, técnicos de raios-X, fisioterapeutas e profissionais administrativos. O Governo do Estado investiu nesta operação R$ 585.000 em equipamentos e R$ 529.408,68 mensais em recursos humanos.

 

O Hospital de Campanha tem o objetivo de auxiliar em grandes tragédias como a chuva que assolou a Região Serrana no início de 2011 e o desabamento do Morro do Bumba, em Niterói. Importado dos Estados Unidos e utilizado em missões de paz, o modelo de estrutura de Hospital de Campanha foi adaptado e modernizado pela Secretaria de Estado de Saúde. A ajuda já ultrapassou as fronteiras do estado e a unidade já foi até Alagoas, para auxiliar no atendimento médico do município de Santana do Mandaú, após a enchente de 2010.

Assessoria de Comunicação

Secretaria de Estado de Saúde

ascom.SESRJ@gmail.com

(21) 2333-3717 / 2333-4029

Twitter: @SaudeGovRJ

www.saude.rj.gov.br

<-Voltar