Saúde apresenta Mostra de Inovação Tecnológica

Sistema Único de Saúde (SUS) terá espaço destacado na Conferência das Nações Unidas sobre Desenvolvimento Sustentável, que começa nesta quarta-feira (13)

Os visitantes da Rio+20, Conferência das Nações Unidas Sobre Desenvolvimento Sustentável, que acontece no Rio de Janeiro de hoje até o dia 22 de junho, poderão conferir na Mostra de Inovação Tecnológica em Saúde as principais ações que contribuem para a prevenção, promoção e assistência à saúde pública no Brasil. Promovida pelo Ministério da Saúde em parceria com entidades ligadas ao Sistema Único de Saúde (SUS), a mostra estará aberta aos participantes próxima à Praça Mauá.

“Por meio de vídeos, painéis, maquetes e atividades interativas, mostraremos como tem sido possível universalizar a saúde e construir, de forma inovadora e sustentável, um sistema que atende gratuitamente toda a nossa população”, explica Guilherme Franco Netto, diretor do Departamento de Vigilância em Saúde Ambiental e Saúde do Trabalhador da Secretaria de Vigilância em Saúde do Ministério da Saúde.

O diretor lembra que o desenvolvimento sustentável impacta diretamente na prevenção e promoção da saúde. “Uma estrutura de produção e de consumo adequado garante a qualidade da água, do ar, do solo para produção de alimentos, por exemplo”.

Durante a mostra, serão exibidos os processos de produção de vacinas, de utilização de medicamentos fitoterápicos e de idealização do Programa Academia da Saúde, iniciativa do Governo Federal para promover hábitos saudáveis e estimular a promoção da saúde na população. Também serão apresentadas as redes de Atenção Básica e de Urgência e Emergência do Ministério da Saúde.

Além das secretarias do Ministério da Saúde, o espaço contará com a exposição de ações de parceiros do SUS, como a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), a Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), a Fundação Nacional de Saúde (Funasa) e a Itaipu Binacional.

Saúde na Rio+20 – A Agenda 21, um dos instrumentos do desenvolvimento sustentável criado a partir da Conferência das Nações Unidas – Rio 92, estabeleceu um capítulo específico de proteção e a promoção da saúde humana. Dentre os compromissos firmados na Agenda 21 e alcançados pelo SUS está a cobertura universal do Programa Nacional de Imunização (PNI), possibilitando o controle e eliminação das principais doenças imunopreviníveis, tais como a pólio e o sarampo.

A expansão massiva da cobertura da atenção primária à saúde, que saltou de uma cobertura de 3% em 1992 para aproximadamente 63% em 2012 e a oferta universal de medicamentos considerados essenciais também foram algumas das conquistas, desde a criação do SUS. “Não há dúvidas que ao SUS deve ser creditada uma parcela significativa de contribuição à melhoria da qualidade de vida da população brasileira. Por isso, a Conferência Rio+20 deve ser encarada como mais uma oportunidade para ampliar a agenda de compromissos também do setor saúde”, avalia Franco Netto.

Mostra de Inovação Tecnológica em Saúde
Data: 13 a 22 de junho
Local: Pier Mauá, Praça Mauá – Rio de Janeiro/RJ

Fonte: Milton Junior / Agência Saúde

<-Voltar