Fortalecimento do vínculo entre a Média e Alta Complexidade e a APS é prioridade para o Ceará

Brasília – Henrique Jorge Javi de Sousa, secretário de Estado da Saúde do Ceará, visitou na tarde desta quarta-feira (03/06), a sede do CONASS onde se reuniu com o secretário executivo do Conselho, Jurandi Frutuoso.

O gestor falou sobre o principal foco de atuação frente à secretaria e ressaltou que o estado vive um momento de estruturação das Redes de Atenção à Saúde com foco na Média e Alta Complexidade (MAC).  “O Ceará trouxe pra si essa responsabilidade da parte mais cara do Sistema Único de Saúde (SUS), portanto hoje a nossa prioridade é conectar a Média e Alta Complexidade com a Atenção Primária à Saúde (APS), fortalecendo esse vínculo e devolvendo para a APS o seu papel gerenciador do sistema”, disse.

Sobre o financiamento da saúde, Javi de Sousa observou que ele continua sendo um dos maiores desafios dos gestores de saúde e destacou que todos os avanços e resultados positivos que o SUS teve até hoje encareceram o sistema. “Hoje nós diagnosticamos  doenças de maneira mais rápida e doenças que matavam há vinte anos, hoje já não matam mais. Isso deixa o SUS mais caro, porque os seus próprios resultados fazem com que ele encareça. Se nós não enfrentarmos esse debate da maneira como o financiamento está posto, vamos criar uma ilusão de que o sistema vai se auto-gerir e se auto-sustentar o que não é verdade. Nós precisamos nos mobilizar para encontrar soluções para esse problema que é o ponto nevrálgico do SUS e que tem sido preocupação pra todos nós”, advertiu.

 

Assessoria de Comunicação do CONASS

ascom@conass.org.br

61 – 3222-3000

<-Voltar