Secretário destaca importância da Atenção Primária em Congresso

Evento reuniu mais de 4 mil secretários municipais

BRASÍLIA (14/7/17) – A mudança no modelo assistencial da Atenção Primária em Brasília foi o tema central do pronunciamento do secretário de Saúde, Humberto Fonseca, na noite dessa quinta-feira (13), na abertura oficial do XXXIII Congresso Nacional de Secretarias Municipais de Saúde, no Centro de Convenções Ulysses Guimarães.

Fonseca destacou a necessidade de propor alternativas para tornar o Sistema Único de Saúde (SUS) mais eficiente, especialmente nesse momento de crise pelo qual passa o país.

“O Brasil está com um número assustador de desempregados que perderam a capacidade de pagar planos de saúde. Nos últimos dois anos, 2,6 milhões de pessoas passaram a ter o SUS como tábua de salvação”, explicou Humberto. Segundo o secretário, essa constatação, aliada à melhor alocação dos recursos públicos, justifica a necessidade de renovação e fortalecimento da Estratégia de Saúde da Família.

Na avaliação do secretário, no momento, o SUS está subfinanciado e gera alto custo à saúde. “A realidade é que precisamos adequar o orçamento às necessidades da população e à capacidade de entrega do Estado”, enfatizou.

Humberto Fonseca também ressaltou a importância do encontro entre mais de quatro mil secretários municipais para desenvolver reflexões relevantes para a saúde pública do Brasil e, a partir disto, ter mais força para melhorar, agregar e construir.

Por último, Fonseca lembrou o fato de o Distrito Federal, por força da Constituição, ser a única unidade da Federação sem municípios. No entanto, quando se trata do assunto saúde, é o único estado que é município. “Reunimos as competências estaduais e municipais. O governo de Brasília tem a responsabilidade total pela saúde pública de seus 3 milhões de habitantes e atende, principalmente em média e alta complexidade, mais 1,5 milhão de habitantes dos 22 municípios que compõem a Região Integrada de Desenvolvimento Econômico do DF e Entorno.”

EVENTO – Com o tema Diálogos no Cotidiano da Gestão Municipal do SUS, o XXXIII Congresso Nacional de Secretarias Municipais de Saúde reúne trabalhadores do SUS, secretários municipais de saúde de todo o país, profissionais de saúde, dirigentes estaduais e do Ministério da Saúde. O objetivo do evento é promover um encontro de ideias, troca de conhecimentos e experiências relacionados à saúde pública.

Confira aqui as fotos.

Foto: Brito

Fonte: SES/DF

<-Voltar