SES/AL – UNIÃO: Governos estadual e federal intensificam ações de combate ao Aedes

União: Governos federal e estadual se engajaram na luta contra o Aedes aegypti

Alagoas, juntamente com os demais estados brasileiros, entrou na luta para combater o mosquito Aedes aegypti, transmissor da dengue, febre chikungunya e zika vírus. No sábado (13), Dia Nacional de Mobilização e Combate ao Aedes – Zika Zero, o ministro da Secretaria de Comunicação da Presidência da República, Edinho Silva; o governador em exercício, Luciano Barbosa e a secretária de Estado da Saúde, Rozangela Wyszomirska, participaram de solenidade no 59º BIMtz e visitaram um imóvel abandonado no Farol, onde encontraram foco do mosquito.

Na solenidade realizada no 59º Bimtz, o ministro de Comunicação destacou a ação que está ocorrendo em todo o Brasil, lembrando que o combate ao mosquito deve contar com a mobilização de toda a sociedade. “Essa é uma ação que ocorre em todo o País, com a participação dos três entes federados (governos federal, estadual e municipal), todos unidos para combater o Aedes aegypti, pois nosso compromisso é defender os interesses da população”, ressaltou o ministro.

Edinho Silva lembrou que enquanto pesquisadores tentam encontrar uma vacina para combater a doença o que se deve fazer são ações para tirar o mosquito de circulação. “Um mosquito não pode ser mais forte que um país inteiro”, destacou. A secretária Rozangela Wyszomirska, por sua vez, disse que, desde o ano passado, o Governo do Estado vem realizando ações para combater o Aedes aegypti nos 102 municípios alagoanos, assim que surgiram os três casos de zika vírus em Alagoas.

Afirmou, ainda, que a mobilização nacional é importante para reforçar o combate ao vetor e para conscientizar a população de que ela também deve fazer o dever de casa, eliminando os locais que servem para desenvolvimento das larvas do mosquito. “Todos devem assumir o seu papel; não só os gestores públicos, mas a população também deve se conscientizar e assumir o seu papel, tendo cuidado em não acumular lixo e recipientes que sirvam para o mosquito se desenvolver”.

Dia D – O Dia Nacional de Mobilização – Zika Zero contou com a participação de 700 homens do Exército, além de agentes de saúde, integrantes da Defesa Civil, Corpo de Bombeiros e Marinha. A ação ocorreu em 11 municípios.

Em Maceió, o ministro Edinho Silva, a secretária de Saúde e o governador em exercício estiveram em um terreno baldio na Avenida Fernandes Lima, onde havia uma piscina desativada com focos do mosquito. Ainda na capital, 27 bairros foram alvos da ação.

Repórter: Mônica Lima
Fonte: Ascom/Saúde
Fotógrafo: Carla Cleto

<-Voltar