Site disponibiliza indicadores para gestores e profissionais de saúde

Gestores e profissionais de saúde de todo o Brasil podem ter acesso on-line a diversos indicadores de saúde, reunidos em um único site: a Sala de Apoio à Gestão Estratégica (SAGE). No endereço www.saude.gov.br/sage, o usuário consegue visualizar taxas de detecção e notificação de casos de diversas doenças, como aids, dengue, febre amarela, hanseníase e hepatites. Também é possível obter dados de mortalidade, que incluem doenças infecciosas e parasitárias, causas externas e doenças do aparelho circulatório, por exemplo.

Os números são apresentados em forma de gráficos dinâmicos, que mostram as tendências epidemiológicas de doenças e agravos caracterizados como problema de saúde pública. Existem filtros por região, estado e município. Outra opção de navegação é o relatório gerencial, que sintetiza todos os indicadores. Cada informação possui uma periodicidade de atualização detalhada na descrição dos dados (localizada geralmente no canto superior da tela).

“A SAGE é um importante instrumento de gestão, que subsidia a tomada de decisão e dá transparência às ações realizadas no Sistema Único de Saúde”, enfatiza o secretário de Vigilância em Saúde do Ministério da Saúde, Jarbas Barbosa.

Na área “Situação de Saúde”, além dos indicadores de morbidade e mortalidade, são apresentadas informações sobre violência e qualidade da água consumida no país. Um mapa do Brasil identifica os locais em que há unidades notificadoras de agressão e mostra o perfil das vítimas de violência (por idade, sexo ou raça/cor).

O site divulga, ainda, aspectos sociodemográficos, que vão desde dados socioeconômicos e territoriais, até representação política de estados e municípios, emendas parlamentares apresentadas e convênios firmados na área de saúde. No item “Gestão/financiamento”, está disponível a execução da saúde no âmbito federal, por unidade orçamentária, programas e ações. Há detalhamento sobre repasses financeiros e transferências fundo a fundo realizadas, assim como a fonte dos recursos.

Mais especificamente relacionado à assistência em saúde, os internautas podem conhecer e acompanhar o cumprimento de metas relacionadas às principais ações e programas do Ministério da Saúde. É o caso da cobertura vacinal entre crianças – por tipo de imunização e doses aplicadas entre os bebês menores de um ano de idade. A abrangência e os valores transferidos para programas como o Saúde Toda Hora, que agrega os Serviços de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) e as Unidades de Pronto-atendimento (UPA), estão nesse módulo.

Mais informações
Sala de Apoio à Gestão Estratégica (SAGE)
Site: www.saude.gov.br/sage
E-mail: sage@saude.gov.br

Fonte: SVS Informa

<-Voltar