Trabalho da Atenção Primária é destaque em publicação nacional

Ações da Secretaria Municipal de Saúde foram incluídas no mapeamento feito pelo Conass

Desde o início da atual gestão, a Secretaria Municipal de Saúde tem desenvolvido a padronização dos serviços ofertados à população por meio da Planificação da Atenção à Saúde, denominado no município de Qualifica SaUDI. O projeto veio para garantir o acesso da comunidade às unidades de saúdeefortalecer a atenção primária na cidade.Recentemente, o Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass) divulgou uma publicação, denominada Estudo sobre a planificação da atenção à saúde no Brasil, em que as ações desenvolvidas pela Prefeitura de Uberlândia nos últimos anos são destaque e referência de boas práticas.

Dentre as práticas adotadas pela saúde em Uberlândia que foram mencionadas na publicação do Conass, estão a introdução de novas tecnologias para a condução de pacientes com condições crônicas na Unidade Básica de Saúde da Família (UBSF) Santa Luzia, a implantação de um modelo de atendimento dos pacientes com condições crônicas em todo o setor sul e a integração entre atenção primária e a especializada em reumatologia para proporcionar educação permanente e responsabilização da atenção primária dos casos menos complexos, contribuindo para a redução do tempo de espera para os atendimentos mais graves.

Também foram destaque a integração da Vigilância em Saúde e atenção primária para ampliar o controle de doenças, o uso do Whatsapp para agendamento de consultas e os trabalhos de atenção contínua com pacientes diabéticos, o que proporcionou um melhor conhecimento e acompanhamento permanente da população com essa condição.

O “Qualifica SaUDI” aprimorou o trabalho das equipes, que passaram a atuar interdisciplinarmente, garantindo aos usuários um melhor acesso às consultas e demais serviços, conforme explicou a coordenadora da Atenção Primária, Karina Kelly de Oliveira.

“Antes, as equipes atuavam na lógica do cuidado centrado na figura do médico. As agendas não respeitavam a estratificação de risco, o que, na maioria das vezes, deixava os profissionais com pouca resolução perante a rede. Além disso, a falta de uma metodologia que possibilitasse aos profissionais atuarem de uma forma padronizada prejudicava o trabalho deles. Com a organização, modificamos a forma de pensar e de agir das equipes de saúde no município, possibilitando desenvolver um trabalho mais eficaz e fortalecendo a atenção primária da rede, explicou Karina.

Centro de Referência

Toda a efetividade das ações implementadas pela Secretaria Municipal de Saúde motivou o Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass) a escolher Uberlândia para ser um Centro Colaborador. Com isso, o município tem sido um local de visitas de gestores e profissionais, bem como um centro de capacitação de facilitadores, para conhecerem os bons exemplos adotados. Em 2020, a cidade recebeu a visita de membros do Ministério da Saúde, da Secretaria de Estado de Saúde de Sergipe e do Conselho de Secretários Municipais de Saúde de Sergipe (Cosems/SE).

Na oportunidade, os visitantes conheceram mais sobre a excelência nos processos adotados na Atenção Primária e que motivaram a cidade a ser reconhecida como referência no serviço para outros municípios. Os Centros Colaboradores têm o propósito de fortalecer e ampliar a cooperação técnica entre estados e municípios, facilitando informações e serviços, além de estimular e apoiar o treinamento e a pesquisa.

Fonte: https://www.uberlandia.mg.gov.br

<-Voltar