Agevisa debate Qualidade do Cuidado e Segurança do Paciente e prepara encontro virtual para o dia 17

A Agência Estadual de Vigilância Sanitária da Paraíba programou para o dia 17 de setembro o I Meeting Qualidade do Cuidado e Segurança do Paciente, encontro destinado aos administradores e funcionários dos serviços de assistência à Saúde de todo o Estado. A iniciativa tem por base o entendimento de que os cuidados com a segurança do paciente se destacam entre os fatores principais que devem nortear as ações que envolvem o atendimento e a busca pela recuperação das pessoas que procuram socorro médico nos serviços de saúde, especialmente frente à ameaça da Covid-19. O tema central do encontro contemplará uma avaliação das práticas de segurança do paciente na Paraíba e será apresentado pela coordenadora estadual de Segurança do Paciente, Vívian de Oliveira Lopes, que também é gerente-técnica de Inspeção e Controle de Sangue e Hemoderivados da Agevisa/PB.
A Agência Estadual de Vigilância Sanitária da Paraíba programou para o dia 17 de setembro o I Meeting Qualidade do Cuidado e Segurança do Paciente, encontro destinado aos administradores e funcionários dos serviços de assistência à Saúde de todo o Estado. A iniciativa tem por base o entendimento de que os cuidados com a segurança do paciente se destacam entre os fatores principais que devem nortear as ações que envolvem o atendimento e a busca pela recuperação das pessoas que procuram socorro médico nos serviços de saúde, especialmente frente à ameaça da Covid-19.

O tema central do encontro contemplará uma avaliação das práticas de segurança do paciente na Paraíba e será apresentado pela coordenadora estadual de Segurança do Paciente, Vívian de Oliveira Lopes, que também é gerente-técnica de Inspeção e Controle de Sangue e Hemoderivados da Agevisa/PB.

Evento online – O I Meeting Qualidade do Cuidado e Segurança do Paciente da Agevisa será realizado na forma remota, entre as 14 e 16 horas do Dia Mundial de Segurança do Paciente (17 de setembro), através do Canal do YouTube da Secretaria de Estado da Saúde (SES/PB). O evento incluirá a apresentação de um caso de sucesso relacionado ao Hospital de Emergência e Trauma Dom Luiz Gonzaga Fernandes, de Campina Grande/PB, a ser exposto pela coordenadora do Núcleo de Segurança do Paciente, Talita Falcão, e contará com as participações especiais da gerente de Vigilância e Monitoramento em Serviços de Saúde da Anvisa, Magda Machado de Miranda Costa, e do presidente da Sociedade Brasileira para Qualidade do Cuidado e Segurança do Paciente, Victor Grabois.

Também está confirmada a participação da professora-doutora em Medicina e Saúde e Especialista Internacional em Qualidade em Saúde e Segurança do Paciente, Almerinda Luedy, que é coordenadora do Curso de Pós-Graduação em Gestão da Qualidade em Saúde e Segurança do Paciente, do Instituto de Ensino de Salvador, no Estado da Bahia.

Mobilização global – O tema “Segurança do Paciente” vem ocupando cada vez mais as discussões em todo o mundo sobre medidas que visam diminuir, a um mínimo aceitável, os riscos de danos desnecessários associados aos cuidados de saúde, denominados Eventos Adversos (EA), que podem ocorrer em estabelecimentos de assistência à saúde. O assunto faz parte do rol de prioridades da Agevisa/PB em face de sua missão de promover a proteção à saúde e monitoramento e investigação de Eventos Adversos e Avaliação das Práticas de Segurança do Paciente.

Na edição desta quinta-feira (10) do informativo semanal Momento Agevisa, que vai ao ar dentro da programação do Jornal Estadual da Rádio Tabajara (AM-1110 e FM-105.5), disponível em https://agevisa.pb.gov.br/servicos/audios/201-edicao-de-10-de-setembro-de-2020-qualidade-do-cuidado-e-seguranca-do-paciente-parte-i.mp3, a diretora-geral da Agevisa/PB, Jória Viana Guerreiro, chamou a tenção para o fato de que em 2020 a questão da segurança do paciente ganhou um significado ainda mais especial devido à pandemia da Covid-19 que pegou de surpresa as autoridades de saúde do mundo inteiro e que tornou inseguro todo e qualquer ambiente de presença e circulação humana, tendo em vista sua principal forma de contágio, que ocorre através do ar e do contato com superfícies contaminadas.

O diretor-técnico de Estabelecimentos e Prática de Saúde e de Saúde do Trabalhador da Agevisa, Geraldo Moreira de Menezes, também participou do programa. Ele observou que no cenário marcado pela ameaça da Covid-19 a situação de vulnerabilidade dos pacientes, dos seus familiares e visitantes, e também dos profissionais de saúde, tende a se agravar se não forem observados todos os procedimentos de segurança e prevenção de contágios perfeitamente evitáveis.

Geraldo Moreira explicou que a Covid-19 pode se constituir um evento adverso à medida que os protocolos de segurança não sejam observados em todas as suas exigências, inclusive com o reforço dos protocolos complementares relacionados à prevenção de contágios pelo coronavírus, e isso provoque a contaminação de pacientes que tenham buscado atendimento médico em face de outras doenças.

Notivisa – Regularmente a Agevisa/PB atua junto aos serviços de assistência à saúde em atividade no Estado orientando sobre a obrigatoriedade de instalação e funcionamento dos Núcleos de Segurança do Paciente, assim como da notificação, por meio do portal.anvisa.gov.br/notivisa, de incidentes e eventos adversos para subsidiar a Anvisa na proposição de medidas de aperfeiçoamento da assistência em unidades públicas, privadas e filantrópicas de saúde.

O Notivisa, segundo o diretor-técnico Geraldo Moreira, é um sistema informatizado desenvolvido pela Anvisa para receber notificações de incidentes, eventos adversos e queixas técnicas relacionadas ao uso de produtos e de serviços submetidos ao regime de vigilância sanitária.

O evento será transmitido ao vivo em:


Fonte: Agevisa

<-Voltar