Banco de Preços em Saúde tem nova forma para cadastramento

Pedidos serão recebidos após preenchimento de formulários que serão enviados por e-mail

Desenvolvido pelo Ministério da Saúde e de uso obrigatório desde 2017, o banco de preços tem o objetivo de permitir a pesquisa e comparação de preços de medicamentos e produtos para a saúde em âmbito nacional. Trata-se de um sistema público e gratuito que reúne informações de compras da União, estados, municípios e do Distrito Federal.

O BPS permite dar transparência e acompanhar um mercado que movimenta bilhões de reais por ano. Além disso, em termos de gestão do SUS, o sistema resulta na economia de recursos e na aquisição de medicamentos e produtos para a saúde no âmbito do Sistema Único de Saúde.

O BPS tem uma média de 4,5 mil consultas por mês com mais de 4 mil municípios com instituições cadastradas no sistema. A ferramenta gera um total de 45 mil usuários entre gestores de saúde das esferas federal, estadual e municipal de todas as regiões do país.

A nova sistemática de cadastramento no BPS é provisória. A iniciativa será substituída por ferramenta que está sendo desenvolvida pelo Departamento de Informática do SUS (DataSUS).

SERVIÇO: Para dúvidas, contatos por e-mail ou pelos telefones (61) 3315-3990/3991.

Por Comunicação/DESID/Secretaria Executiva 

<-Voltar