Fiocruz Brasília lança “Escritos de Saúde Coletiva”

A Fiocruz Brasília lançou nesta quinta-feira (10/6) o livro “Escritos de Saúde Coletiva: coleção de estudos do doutor Luiz Carlos P. Romero”. Para a diretora da Fiocruz Brasília, Fabiana Damásio, o lançamento deste livro é um registro histórico da construção do Sistema Único de Saúde (SUS) e da formulação e execução de políticas de saúde. “Romero seguiu e segue fazendo história para o fortalecimento do SUS”, afirmou.

Para os organizadores do projeto, a obra é um produto dos escritos de um dos grandes sanitaristas brasileiros, que deixa um importante legado às gerações atuais e futuras. A publicação reforça não apenas o processo de construção e consolidação do SUS, mas especialmente a necessidade de constante vigilância e defesa desse patrimônio. “Quando recebemos os textos produzidos por Romero, com a tarefa de organizá-los em uma obra didática, foi uma imensa alegria. De um lado, pelo deleite de sermos os primeiros a deitar os olhos sobre tão rico material; de outro, pela leveza de tal empreitada”, contou a organizadora do livro e coordenadora do Programa de Direito Sanitário (Prodisa) da Fiocruz Brasília, Sandra Mara Campos Alves.

O pesquisador do Núcleo de Epidemiologia e Vigilância em Saúde (Nevs) da Fiocruz Brasília e também organizador da obra, Agenor Alvares, disse que o livro é um recorte de momentos históricos vividos e compartilhados por Romero com muitos pesquisadores e amigos. A publicação é de grande valor para o acervo bibliográfico e histórico da Fiocruz Brasília, já que foi escrita por um importante colaborador da instituição. “O livro retrata as vivências de Romero e traz escritos de grandes marcos da saúde pública do país”, declarou.

Segundo Romero, o livro é um compilado dos seus principais escritos, composto por textos de variados tempos, formatos e estilos: estudos, artigos científicos, materiais para jornais, apresentações em seminários, congressos e outros eventos, extratos de documentos técnicos e relatórios de consultoria, notas, reflexões e registros, que tratam de diversos assuntos, questões, épocas e situações vividas.

Emocionada, a historiadora e filha do autor, Flora Romero, agradeceu o esforço e a dedicação do pai nestes anos para a construção e a consolidação da saúde pública do país. “Meu pai marcou a história deste país e da saúde pública, e este momento é um reconhecimento do trabalho e da dedicação que ele sempre teve pelo bem público e pela sociedade”, declarou.

Para Romero, muitos dos temas e questões de que a obra trata são assuntos datados e já resolvidos, e devem ser lidos com essa perspectiva. “Estão no livro porque valem como registro histórico e podem ser de utilidade para aqueles que pensam, fazem e estudam medicina e saúde pública em nosso país”, enfatizou. Ele ainda desejou que seus leitores gostem tanto de seus escritos quanto ele gostoude escrevê-los.

Você pode acessar e fazer o download gratuito da obra clicando aqui

Sobre o autor:

Luiz Carlos Pelizari Romero é médico, especialista em saúde pública e em direito sanitário, mestre em saúde coletiva e pesquisador colaborador do Prodisa. Romero foi o primeiro editor científico dos Cadernos Ibero-Americanos de Direito Sanitário da Fiocruz Brasília. Servidor aposentado do Senado Federal, foi chefe da unidade de treinamento do Programa Nacional do Ministério da Saúde, onde atuou também como assessor de gabinete do ministro da Saúde. Sua atuação profissional se destacou pelo trabalho desenvolvido nas áreas de saúde pública, recursos humanos para a saúde, controle de doenças (tuberculose, infecções hospitalares, tabagismo e HIV/Aids) e direito sanitário. É também autor das obras: “Estudos de Direito Sanitário” (Senado Federal/2011) e “Saúde & Política: a doença como protagonista de história” (Brasília/2019).

Fonte: Fiocruz Brasília

<-Voltar