Pesquisa e educação são foco de ‘live’ sobre coronavírus

Quarta edição do Fórum da Saúde, promovido pelo Governo de Goiás, debate desafios e estratégias para o enfrentamento da pandemia por Covid-19 no Estado 
O Governo de Goiás, por meio da Secretaria de Estado da Saúde de Goiás (SES-GO), promoveu na tarde desta terça-feira, 28, a quarta ‘live’ do Fórum da Saúde, que debate ações de combate e prevenção da Covid-19. Nesta edição, o tema debatido foi “Desafios e estratégias para o enfrentamento da pandemia no âmbito da educação e da pesquisa na saúde”.

Luciana Vieira durante mediação da ‘live’, que teve participação de demais gestores da SES-GO

A mediadora foi a subsecretária da SES-GO, Luciana Vieira, com participação da gerente de Saúde da Escola de Saúde de Goiás (ESG), Mirian Cristina de Oliveira, que falou sobre “Ensino em tempo de Covid-19”; da superintendente da ESG, Kelli Santos, que falou sobre “A ESG no apoio aos sistemas de saúde”; e do superintendente de Atenção Integral à Saúde da SES-GO, Sandro Rodrigues Batista, que abordou a “Pesquisa em Covid-19: o que temos e para onde vamos?”

Mirian Cristina destacou que, neste momento, os profissionais envolvidos na educação devem refletir se a educação tem alcançado o objetivo de transformar a realidade e promover a emancipação do aluno. “Se eu ensino, mas eu não consigo transformar a realidade do indivíduo, eu não alcancei o objetivo do ensino. Precisamos fazer essa análise, e isso demanda pesquisa”, frisou.
Kelli Santos destacou a importância dos cursos da modalidade educação a distância (EaD) para qualificar os profissionais de saúde dos 246 municípios goianos no enfrentamento da pandemia. “Os cursos na modalidade de EeD se firmam como uma ferramenta de grande alcance e qualidade nesse propósito”, afirmou, acrescentando que não é a substituição de ensino presencial, mas da importância da mediação tecnológica.
Entre os alertas deixados por Sandro Batista estão o de que a pesquisa tem que ser contextualizada no SUS, que não é necessário publicar por publicar, mas publicar porque se pesquisa bem; e sobre o impacto social de uma pesquisa e a necessidade de se democratizar a pesquisa. “Todas estas questões talvez estejam envolvidas no fato de pesquisas estarem em um patamar muito distante da população, e precisamos encurtar isso, com ações que favoreçam esse processo”, avaliou.
Fórum da Saúde
Executado em parceria com a Comunicação Setorial (Comset) da SES-GO, o Fórum da Saúde visa alcançar o maior número de profissionais possível, tanto na rede pública quanto na rede privada, permitindo que eles se interajam com os participantes em tempo real, disseminando informações importantes para o conhecimento da população. Para assistir à transmissão completa, copie o endereço a seguir ou clique aqui para acessar:

https://www.facebook.com/saudegoias/videos/308614166947530
Fonte: SES/GO

<-Voltar