Projeto de testagem de passageiros no Aeroporto Salgado Filho detecta 55 casos positivos

Guichês foram montados na área de desembarque do Salgado Filho. Ação encerrou dia 27 de junho – Foto: Gustavo Flores/Divulgação

O projeto de testagem diagnóstica de covid-19 de viajantes no Aeroporto Salgado Filho detectou 55 pessoas infectadas com o vírus entre os dias 14 e 27 de junho, período em que a prefeitura de Porto Alegre realizou coleta de amostras no local. O projeto foi uma ação conjunta entre Secretaria da Saúde (SES), município de Porto Alegre e Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) com utilização de testes rápidos de antígeno, que detecta o vírus presente no organismo na fase aguda da doença. O governo do Estado cedeu 9,4 mil testes rápidos ao município de Porto Alegre para viabilizar a ação.

No total, foram 6.203 passageiros testados durante as duas semanas, mas todos os passageiros domésticos que desembarcaram durante a vigência do projeto (aproximadamente 80 mil) foram convidados. Dos 55 casos positivos identificados, 29 declararam sintomas gripais. Ainda dentre os casos positivos, 43 tiveram destino final o interior do Estado e 12 eram moradores ou fariam estadia em Porto Alegre. Após a confirmação pelo teste rápido, foram coletadas amostras para o exame de biologia molecular de RT-PCR de 14 pessoas (todas que permaneceram em Porto Alegre logo após o desembarque). Dessas, 12 coletas resultaram positivo para coronavírus e foram encaminhadas para a Universidade Feevale, em Novo Hamburgo, para a identificação da genotipagem.

O objetivo da ação em vigilância em saúde no Salgado Filho foi mapear o perfil das variantes que chegam ao Estado vindos de outros locais do Brasil, em especial daqueles onde já foi identificada a variante Delta (Paraná) ou que realizam conexão (São Paulo, Rio de Janeiro e Paraná) de viajantes oriundos do exterior.

De acordo com o balanço final do projeto publicado pela prefeitura de Porto Alegre, a maior parte do fluxo de desembarques no aeroporto da capital, durante o período, foi de turistas gaúchos voltando das regiões sudeste ou nordeste ou turistas de outros locais do país visitando Gramado.

Fonte: SES/RS

<-Voltar