Universidade de Brasília (UnB) e Fiocruz oferecem curso online e gratuito sobre Consolidação das normas do SUS

A formação terá 30 horas de duração e dará certificação pela UnB e pela Fiocruz.

Capacitar os gestores do SUS no manuseio de portarias usadas frequentemente no Sistema Único de Saúde (SUS) é o objetivo do curso online e gratuito “Consolidação das normas do SUS”, oferecido em parceria entre Universidade de Brasília (UnB) e Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz). Até dezembro de 2020, serão oferecidas turmas mensais com inscrições abertas a todos(as) os(as) interessados(as).

Até 2017, o gestor do Sistema Único de Saúde (SUS) que precisasse conhecer as normas tinha dificuldade em encontrá-las, pois haviam muitas portarias publicadas e não era claro quais as normas em vigor. Além disso, as regras não estavam centralizadas em um só sistema de busca, o que dificultava o acesso. Isso mudou com a publicação da “Consolidação das Normas do SUS”, em outubro de 2017.

Para entender a natureza e o significado desse conjunto de normas, o curso é dividido em cinco aulas: 1. Como eram as normas que regiam o SUS antes de 3 de outubro de 2017? 2. Por que consolidar? 3. Como foi construída a Consolidação? 4. Estrutura da Consolidação e 5. Como manusear a Consolidação?

 

Inscrição

As inscrições para o mês seguinte são aceitas do primeiro ao vigésimo dia do mês anterior, no sistema de extensão da UnB, escrevendo “consolidacao” no campo de “Título da Ação” e clicando em “Enter”. Aparecerá a lista das turmas e, na coluna da direito, a situação das vagas. Se aparecer a expressão “Clique aqui”, basta clicar e seguir os passos para sua inscrição na turma do mês seguinte. Caso não conseguir por estarem esgotadas as vagas (a coluna da direito mostrará ESGOTADO), as inscrições para o mês subsequente voltarão a estarem abertas no início do próximo mês. Ou seja, se não conseguir hoje, marque em sua agenda para tentar no início do mês que vem, pois certamente conseguirá vaga para o curso seguinte. Para acesso ao tutorial de inscrição, clique aqui.

Com informações da UnB Agência

<-Voltar