CI n. 55 – Plano Operativo de Revezamento da Tocha Olímpica

 

O Ministério da Saúde (SVS – SAS e Anvisa) divulga documento, denominado “Plano Operativo de Revezamento da Tocha Olímpica”, que trata da descrição das ações de saúde, no âmbito das orientações de interesse de suas respectivas áreas, para que os municípios que serão visitados pela Tocha Olímpica possam se organizar para a prevenção e atuação em caso de identificação de riscos e ameaças à saúde pública nesse evento.

Para isso, o Plano contempla informações para orientar aos municípios quais os itens que devem ser observados para prevenir a ocorrência de eventos de saúde pública na passagem do Revezamento da Tocha Olímpica.

OBJETIVO GERAL

Acompanhar, no âmbito do SUS, o evento “Revezamento da Tocha Olímpica” utilizando as estruturas existentes de saúde localmente, para monitorar eventos de saúde públicas relacionados ao evento.

OBJETIVO ESPECÌFICO

  • Detectar oportunamente os Eventos de Saúde Pública (ESP) relacionados ao Evento de Massa, com base nas vigilâncias: sanitária, epidemiológica e assistência á saúde;
  • Avaliar diariamente os dados encaminhados pelo CIEVS regionais e demais setores saúde envolvidos localmente, no evento;
    • Reforçar junto à organização nacional do “Revezamento da Tocha Olímpica” sobre a necessidade dos organizadores se articularem com os órgãos locais de saúde;
    • Apoiar estados e municípios no planejamento e estruturação das ações de saúde;
  • Articulação com órgãos específicos no caso de ESP com agentes QBRN de forma coordenada, validando através de documentos específicos essa articulação.

 

ACESSE O PLANO OPERATIVO DE REVEZAMENTO DA TOCHA OLÍMPICA.

<-Voltar