Manaus tem novas vagas para o Mais Médicos

Interessados em participar têm até final dessa terça-feira (19/01) para aderir ao edital 

Edital nº 1/2021 do Programa Mais Médicos para o Brasil vai trazer reforço para a linha de frente em Manaus. Com o objetivo de continuar contribuindo para as ações de combate à Covid, os 108 médicos recrutados trabalharão nas frentes de atendimento à população, fortalecendo o primeiro nível de cuidado no enfrentamento da emergência em saúde pública provocada pela pandemia do coronavírus. O número de profissionais diz respeito às 36 vagas remanescentes no município e mais uma ampliação para contratar 72 médicos. Já estão em atuação pelo programa, 64 profissionais. (Siga o passo a passo da inscrição pelo infográfico abaixo)

Além de levar apoio médico para a capital amazonense, o Ministério da Saúde decidiu suspender o recesso dos profissionais bolsistas do Programa Mais Médicos. A decisão será comunicada aos profissionais a partir desta segunda-feira (18/01) e reafirma o compromisso da pasta de proporcionar mais segurança e agilidade ao atendimento e diagnóstico dos pacientes com coronavírus. Com a medida, profissionais médicos que teriam recesso a partir da segunda quinzena de janeiro permanecem a postos para garantir atendimento a quem mais precisa.

Saiu também, nesta segunda (18), credenciamento de equipes para atuar pela Estratégia Saúde da Família, que é um modelo de organização que favorece a reorientação do processo de trabalho com maior potencial de ampliar a resolutividade e impacto na situação de saúde das pessoas.

As equipes são multiprofissionais, compostas por médicos, enfermeiros, cirurgiões-dentistas, auxiliar em saúde bucal ou técnico em saúde bucal, auxiliar de enfermagem ou técnico de enfermagem e agentes comunitários de saúde (ACS), dependendo da modalidade. Foram credenciados 180 ACS, 40 eSF, 50 eAP e três equipes de Saúde Bucal (eSB) com previsão de repasse mensal de R$ 1.477.971,42 a mais. Com o credenciamento, o município terá 1.319 ACS, 309 eSF, 139 eAP e 194 eSB.

O secretário de Atenção Primária à Saúde, Dr. Raphael Parente, visitou estabelecimentos da rede para verificar in loco as principais necessidades dos serviços. “O Ministério da Saúde vai fazer o que estiver ao seu alcance para reforçar e aumentar os atendimentos nos postos de saúde. Isso é fundamental para conter a transmissibilidade do coronavírus e tentar diminuir o agravamento dos casos”, explicou.

Acesse o SGP: https://maismedicos.saude.gov.br/loginExt.php

<-Voltar