Sesau contratará novos profissionais de saúde para reforçar o enfrentamento ao Coronavírus

Diante de um momento delicado, em que todo o país corre contra o tempo para vencer a guerra contra o Novo Coronavírus (COVID-19), o Governo do Estado, por meio da  Sesau (Secretaria de Saúde) adotará novas ações para reforçar o Plano de Enfrentamento à doença em Roraima. Entre as medidas está a contratação de mais profissionais de saúde para atuar nas unidades hospitalares da rede estadual de saúde. Trata-se da 4ª Chamada para Contratação Direta de Trabalhadores da Área de Saúde para 363 profissionais de saúde.

A contratação ocorrerá inicialmente com a utilização do banco de dados dos profissionais da área de saúde, já submetidos à seleção por Banca Examinadora, da Sesau, que participaram do Processo Seletivo Simplificado 2019-01 (PSS SESAU 2019-01), de acordo com os critérios estabelecidos na Portaria Nº 66 de 23 de maio de 2020.

As vagas estão distribuídas entre os cargos de bioquímico, enfermeiro, farmacêutico, técnicos de radiologia, de enfermagem e de laboratório.

“Esse chamamento faz parte do compromisso da gestão em atender a preocupação do governador Antonio Denarium, nesse momento tão completo da pandemia causada pelo Coronavírus. Essa doença apresenta cenários diferentes e a gestão está atenta a cada resposta que precisa ser apresentada para garantir que a população tenha o atendimento adequado nas unidades que integram a rede estadual de saúde”, esclareceu o secretário de saúde, Coronel Olivan Junior.

Os candidatos deverão comparecer na CGTES (Coordenaria Geral do Trabalho e ), na sede da Sesau, localizada na rua Madrid, 180, Bairro: Aeroporto, no horário de 12:00 às 18:00 horas no dia 23/05/2020, de 8:00 às 12:00 no dia 24/05/2020 e de 8:00 às 18:00 no dia 25/05/2020 – para TODOS os cargos(capital e interior).

“O reforço dos profissionais é fundamental nesse momento, uma vez que é preciso manter o planejamento antecipado para atender a demanda que surgir, e desta forma garantir um atendimento digno para a população”, finalizou o secretário.

Fonte: Ascom Sesau/RR 

<-Voltar