OMS reúne grupo de especialistas para mudança de comportamento em relação à saúde

Após uma chamada global que atraiu mais de 200 candidaturas de 47 países, cerca de 21 consultores foram selecionados para representar uma variedade de países e experiência em disciplinas relacionadas para projetar e implementar políticas e programas – não apenas em termos de COVID-19, mas também em saúde pública em geral.

Psicologia, antropologia, promoção da saúde, ciências sociais e comportamentais, neurociências, economia comportamental, marketing social, design thinking e epidemiologia são algumas das áreas de especialização dos membros que vêm de agências governamentais, academia, organizações internacionais e sociedade civil – que agora aconselharão a OMS sobre uma variedade de tópicos.

Embora as ciências sociais e comportamentais tenham estudado durante décadas o comportamento humano, a tomada de decisões e os impulsionadores sociais e culturais, nos últimos anos viu-se uma integração crescente em políticas e programas – o que acabou se traduzindo em maior eficiência e melhor saúde.

“Fornecer aconselhamento baseado em evidências é fundamental para a missão da OMS, mas para que esse conselho produza resultados e salve vidas, precisamos entender melhor as tendências e os gatilhos que afetam se as pessoas agem ou não”, afirmou Tedros.

A criação do grupo consultivo técnico faz parte de uma nova iniciativa de ciências e insights comportamentais, que deverá dar um papel mais proeminente e voz a disciplinas que têm as ciências sociais e comportamentais em comum – no contexto da saúde. Além de apoiar a formulação de políticas globais, outros resultados desse enfoque aprimorado são métodos, ferramentas e mecanismos melhor definidos para apoiar como os escritórios regionais e nacionais da OMS reúnem evidências locais e contextuais para uma melhor compreensão do comportamento individual e comunitário.

O estabelecimento do grupo está de acordo com o 13º Programa Global de Trabalho da OMS para o período de 2019-2023, que visa 1 bilhão de pessoas a mais se beneficiando da cobertura universal de saúde; 1 bilhão de pessoas a mais protegidas de emergências de saúde; e 1 bilhão de pessoas a mais com melhor saúde e bem-estar.

A imagem acima captura a diversidade de disciplinas e áreas de trabalho que contribuem para a compreensão do comportamento humano com o objetivo de melhorar as políticas e programas de saúde. As contribuições foram discutidas pelos membros do Grupo Consultivo Técnico durante uma reunião introdutória em 20 de julho de 2020.

030920 comportamento saude oms

<-Voltar